Brasileiros concluem Curso de Montanhismo na Argentina

Formação internacional

Publicado em 01/04/2024 13h21 | Atualizada em 03/04/2024 14h04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bariloche (Argentina) – Dois militares brasileiros concluíram o Curso de Montanha Estival, da Escuela Militar de Montaña, de Bariloche, na Argentina. O Primeiro-Tenente Jonathan Ivens Silva Santos, do 10º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha, e o Segundo-Sargento Bruno Antônio da Silva, do 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha.

Durante o curso, os militares realizaram uma série de exercícios de combate, incluindo a montagem e passagem por itinerários preparados, escalada operacional, e ocupação de postos de observação de regiões de interesse para a inteligência. Os alunos também realizaram uma complexa operação de infiltração em terreno montanhoso, demandando bastante vigor físico e precisão na orientação e navegação no terreno. A operação incluiu ainda uma missão de busca e resgate e culminou com a escalada em vias de grandes altitudes sob temperaturas negativas.

Na última fase do curso, foi realizada uma marcha motorizada até Cerro Tronador, uma geleira situada em Bariloche, onde se encontra o pico internacional que divide a Argentina e o Chile. O exercício serviu para desenvolver as técnicas de marcha, escalada, ancoragens, asseguração, resgate, autorresgate e sobrevivência em glaciares. Essas habilidades são cruciais para militares especializados em operações de montanha, A realização do curso em uma nação amiga colabora especialmente para o desenvolvimento da capacidade de resistência e adaptação a condições climáticas extremas.

Ao todo, 78 militares argentinos, brasileiros e colombianos iniciaram o Curso de Montanha Estival e 50 combatentes foram capazes de concluir as 10 semanas de intensos treinamentos.

Fonte: 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha

Conteúdo Relacionado