Estágio forma caçadores em todo o Brasil

Poder de combate

Publicado em 02/04/2024 12h49 | Atualizada em 03/04/2024 15h26

CMA

Manaus (AM) e Rio de Janeiro (RJ) – Durante o mês de março, militares do Exército realizaram o Estágio de Caçador de Corpo de Tropa em quartéis especializados por todo o Brasil. Conhecido popularmente como sniper, o Caçador é um atirador de elite, capaz de multiplicar o poder de combate. Entre suas missões estão a neutralização de alvos e a destruição de meios materiais inimigos.

São selecionados para o Estágio de Caçador militares com boa aptidão no tiro de pistola e fuzil. Durante três semanas, esses militares recebem instruções avançadas de teoria e técnica de tiro, além de estudarem os princípios básicos e doutrinários dos Caçadores. O período de instrução também visa preparar psicológica e taticamente o atirador para as situações de defesa externa e para operações urbanas. Após a conclusão dos treinamentos, os caçadores poderão empregar as técnicas especializadas de tiro no combate convencional ou em situações de gerenciamento de crise.

Entre os conhecimentos especializados, a turma de caçadores recebe instruções de caçada, rastreamento e contra rastreamento, busca e seleção de alvos, e abrigos. Os caçadores também aprendem técnicas de avaliação de distância, monitoramento de inteligência, observação, memorização e descrição de cenários. Os combatentes também recorrem ao simulador para praticar os fundamentos e técnicas de tiro e aprendem a executar a regulagem dos sistemas de mira. O Estágio contém, ainda, prática de tiro em alvo móvel e operação contra caçadores inimigos. Um exercício de campanha finaliza as instruções, permitindo aos atiradores de elite colocarem em prática todo o conhecimento adquirido durante a formação. 

No Centro de Instrução de Guerra na Selva, o Estágio de Caçador de Corpo de Tropa capacitou 22 militares e um agente da Polícia Federal, com foco na aplicação das técnicas de caçador ao combate em ambiente amazônico. No Rio de Janeiro, 29 novos caçadores foram habilitados no 2º Batalhão de Infantaria Motorizado (Escola), com ênfase no emprego dos caçadores em combates urbanos. Estágios de Caçadores também foram conduzidos em comandos militares de todas as regiões.

Fonte: Comando Militar do Leste e Comando Militar da Amazônia

Conteúdo Relacionado