Comandante do Exército acompanha resgates e lançamento de suprimentos no RS

Junto da tropa

Publicado em 13/05/2024 10h37 | Atualizada em 14/05/2024 10h45

CMS

Porto Alegre (RS) – As tropas do Exército Brasileiro prestam apoio à população do Rio Grande do Sul desde o início da crise ambiental que atingiu a região. Nos dias 9 e 10 de maio, o Comandante do Exército esteve no estado, onde acompanhou de perto o trabalho da tropa, que já resgatou mais de 66 mil pessoas e 7 mil animais.

Em Eldorado do Sul, o General Tomás conversou com os militares que atuam no resgate de moradores e na distribuição de água e mantimentos. O Comandante também integrou uma patrulha pelas ruas do município a bordo do blindado Guarani.

O Comandante pôde verificar as ações do Exército e apoiar os homens e mulheres que, embora atingidos pelas enchentes, seguem trabalhando no socorro à população. “Eu fico muito orgulhoso da minha tropa. Desde que cheguei aqui, vejo este pessoal nas ruas, todos os dias. É a missão do militar”, destacou o Comandante.

Até o momento, sete Hospitais de Campanha já foram montados em conjunto com a Marinha, com a Força Aérea e com o Ministério da Saúde. Os hospitais estão distribuídos nos municípios de Estrela, Canoas, São Leopoldo, Eldorado do Sul e Guaíba.

O Exército Brasileiro foi responsável pela montagem de três deles. O Comandante esteve em dois hospitais conversando com médicos e pacientes e verificando a estrutura oferecida à comunidade, que conta, inclusive, com sala de emergência e sala para atendimentos de baixa complexidade.

A entrega de suprimentos no município de São Jerônimo só foi possível graças ao lançamento aéreo realizado pela Brigada de Infantaria Pára-quedista. O Comandante explicou que o lançamento da carga foi a melhor solução logística para levar assistência aos locais onde a população está isolada. “É uma ação essencial, que vai ajudar muito o povo neste momento”, concluiu.

Ações pelo Rio Grande do Sul
Na região de Guaíba e de Eldorado do Sul, militares da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada atuam em coordenação com a Defesa Civil no resgate em áreas de risco e remoção de feridos para o Hospital de Campanha montado na região. O Exército atua ao lado das autoridades municipais para prover o suporte logístico à administração dos abrigos que recebem as vítimas da enchente. 

Em Sant'Ana do Livramento, um posto de seleção e distribuição de donativos foi montado no ginásio da 2ª Bateria de Artilharia Antiaérea. A unidade já recolheu cerca de 30 mil litros de água, 4 toneladas de alimentos, 80 mil peças de roupa, 70 colchões, 150 cobertores e mais de 4 mil itens de limpeza. O material é enviado aos desabrigados conforme coordenação da Defesa Civil. O 7° Regimento de Cavalaria Mecanizado também atua junto aos voluntários para resgatar pessoas atingidas pela inundação.

Operação Taquari 2
O Comando Conjunto Sul foi estabelecido para coordenar as ações de 40 agências envolvidas, incluindo as Forças Armadas e as forças policiais. O Comando está sediado no 3º Regimento de Cavalaria de Guarda, em Porto Alegre.

Nos próximos dias, há previsão de chegada de um grande comboio vindo de Brasília, com 180 toneladas de donativos.

 

Fonte: Comando Militar do Sul

Conteúdo Relacionado