Iniciam os testes de videomonitoramento veicular no CMO

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 21 fev 2019
Crédito: Sd Fuzaro

Campo Grande (MS) – Iniciou  no Forte do Comando Militar do Oeste (CMO) a Prova de Conceito de Videomonitoramento Veicular, um sistema de instalação de câmeras de vídeo que auxilia o gerenciamento da frota de veículos com precisão e em tempo real, garantindo assim, maior segurança e controle dos trajetos a serem executados.

Atualmente, o CMO já conta com um sistema de videomonitoramento em todo no Forte, e agora em fase de teste, estende-se a veículos utilizados para as atividades militares, "neste momento estamos testando essa inovação em termos de segurança e observaremos por 60 dias a funcionalidade do sistema", disse o engenheiro de telecomunicações e Gestor do Projeto de Segurança Eletrônica (videomonitoramento) Tenente-Coronel, Anderson Alves Pereira.

De acordo com a Analista de Aplicação, Priscila Dias Kuhn, que apresentou a inovação aos militares responsáveis pelo Pelotão de Transporte da Companhia de Operações da Base de Administração e Apoio do Comando Militar do Oeste (B Adm Ap/CMO), a câmera veicular pode ser colocada tanto na área interna quanto externa do veículo, "Há equipamentos para  diversas situações e com funcionalidades para garantir a qualidade da imagem, como alta resolução, grande angulação, visualização noturna e infravermelho. Além disso, as imagens podem ser transmitidas em tempo real através de aparelho celular com tecnologia 4G ou computador em rede local", complementou.

O sistema foi instalado neste mês em uma viatura administrativa, modelo Ford Fiesta da B Adm Ap/CMO, e já encontra-se em execução.
 

Informações técnicas

Os gravadores de vídeo digital tem capacidade de 4 ou 8 câmeras, conectadas ao gravador, desenvolvido especialmente para uso em veículos leves ou pesados, com software para controle, operação e visualização das imagens da frota. Com processador de alto desempenho, ele grava nas resoluções de alta definição 720p. Realiza gravação através de Disco Rígido (HD) que podem atingir até 1 TeraByte de armazenamento.

Fonte: CMO