Jornalistas visitam Base e conhecem trabalho de tropa do Exército especializada na Região Amazônica.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 nov 2017
Crédito: Fotos: Cb Max

Tabatinga (AM) - Equipes de imprensa que realizam a cobertura do AMAZONLOG17 conheceram algumas das técnicas empregadas pelo Exército Brasileiro para sobrevivência na selva. O contexto apresentado foi o caso de emprego em situações emergenciais, especialmente o resgate de vítimas de acidentes em regiões inóspitas e pouco povoadas, como a Amazônia. Em cenários como o descrito, militares especializados no combate em ambiente de selva são os primeiros a serem acionados para efetuar a busca e o resgate das pessoas atingidas.

Os jornalistas visitaram uma área de estacionamento, com militares do 1º Batalhão de Infantaria de Selva, reforçados por outros do Comando de Fronteira Solimões – 8º Batalhão de Infantaria de Selva, compondo uma subunidade. Essa tropa é a vanguarda do socorro às vítimas, atuando antes da chegada dos meios logísticos com maior suporte de resgate naquela região.

Durante a visita à Base de Selva, o Cap Pereira (1º BIS) apresentou à comitiva as técnicas de montagem de redes de selva e abrigos, demonstração de escalada de árvores com por meio de uso da técnica da peconha, obtenção e preparo de alimentos de origens vegetal e animal, além de peculiaridades como a oração e as leis da Guerra na Selva. Uma das exposições foi procedida na língua Ticuna, por parte do Sd Ferreira (CF Sol – 8º BIS), indígena daquela etnia.



Fonte:Agência Verde-Oliva