Integrantes de rádio de refugiados venezuelanos conhecem rádio Verde-Oliva

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 27 mai 2021
Crédito: 1 Sgt Sionir

Brasília (DF) – Entre os dias 24 e 27 de maio, 12 refugiados venezuelanos que participam do Projeto A Voz dos Refugiados, uma rádio comunitária transmitida em abrigos da Operação Acolhida, em Boa Vista (RR), conheceram as instalações e as atividades da rádio Verde-Oliva no Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), em Brasília.

Durante o estágio no CCOMSEx, o grupo, acompanhado de membros da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), conheceu os produtos e o dia-a-dia da rádio Verde-Oliva e foi apresentado às diversas seções do Centro, além de ter realizado uma oficina de entrevistas em rádio.

De acordo com o Coronel Leonardo Zanini, responsável pela comitiva, a visita ao CCOMSEx representou uma oportunidade. “O objetivo desse intercâmbio é proporcionar aos imigrantes a aquisição de conhecimentos e proporcionar-lhes uma experiência que talvez eles nunca chegariam a ter, que é o contato com esse nível alto de comunicação social de rádio. Além de capacitar, essa visita também os impulsiona para a atividade de comunicação”.

Um dos produtores da rádio A Voz dos Refugiados, o venezuelano Mario Naspe, destacou a importância da atividade. “Conhecemos aqui como funciona o sistema de comunicação de rádio brasileiro e uma equipe incrível que está a serviço das Forças Armadas e, consequentemente, da população”.  

A Voz dos Refugiados
O Projeto A Voz dos Refugiados é uma rádio comunitária produzida pelos próprios refugiados venezuelanos para levar informações aos demais beneficiados pela força-tarefa humanitária Operação Acolhida. A iniciativa é apoiada pela ACNUR e pela Associação Voluntários para o Serviço Internacional Brasil (AVSI Brasil), que, em parceria com o Ministério de Cooperação de Luxemburgo, obteve os equipamentos necessários para a concretização do projeto.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército