Comandante Militar da Amazônia visita a área do exercício "Operação Quitauaú"

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 25 mai 2021
Crédito: 1ª Bda Inf Sl

Boa Vista (RR) – No dia 21 de maio, o Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, visitou o município do Cantá (RR), localidade na qual foi realizada a Operação Quitauaú, exercício de combate de resistência coordenado pela 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl), “Brigada Lobo D’Almada”.

As tropas das organizações militares da 1ª Bda Inf Sl dividiram-se em forças invasoras e força de resistência, que utilizaram meios especializados e elementos orgânicos para executar as manobras no terreno. Foram empregados 671 militares para a execução das atividades e utilizadas 66 viaturas leves, 5 viaturas blindadas (Cascavel e Urutu), 2 helicópteros, 1 Aeronave A-29 da Força Aérea Brasileira, 6 embarcações e 1 Ponte Bailey.

Com a finalidade de observar as ações implementadas tanto pela força invasora quanto pelo país invadido, simuladas por meio de problemas militares simulados, executados durante o exercício, o Comandante Militar da Amazônia percorreu as áreas de operação. Durante a visita foi realizada uma apresentação no Posto de Comando Subterrâneo, onde foi instalada a base da resistência. A comitiva observou disparo real de obuseiro oto melara 105mm AR contra posições das forças invasoras, bem como as trocas de mensagens da força de resistência. Em seguida foram visitados os locais de apoio à missão, ponto de distribuição de alimentos e hospital de campanha da resistência.

O desenvolvimento do exercício possibilitou à Brigada Lobo D’Almada potencializar as ações de adestramento de seus elementos subordinados, objetivando a eficiência das ações em defesa de suas áreas de responsabilidade na Amazônia Ocidental.

Fonte: 1ª Bda Inf Sl