Exército apoia vacinação contra covid-19 em comunidades ribeirinhas do Amazonas

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 mai 2021
Crédito: Com Soc da CMA

Manaus (AM)  No dia 14 de maio, militares do 1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel) 1º BIS (Amv) prestaram apoio logístico ao Distrito de Saúde Rural para vacinação contra a covid-19 em comunidades ribeirinhas localizadas na região metropolitana de Manaus (AM).

O apoio do Comando Conjunto Amazônia está dentro do contexto da Operação Covid-19 e consistiu no suporte para que a equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus chegasse às comunidades de Nossa Senhora de Fátima e de São Sebastião e realizasse a aplicação da primeira e segunda dose da vacina AstraZeneca.

A partir do porto do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA), a equipe de imunização embarcou em voadeiras e, pelas margens do Rio Negro, tiveram acesso às comunidades do entorno da capital amazonense.

Uma das peculiaridades da região é o período de cheia dos rios. Este ano já tem a terceira maior cheia da história, dificultando o acesso aos ribeirinhos. Alguns deles, isolados pelas águas do Rio Negro, recebem o imunizante dentro de suas canoas ou casas flutuantes.

De acordo com o Chefe do Núcleo de Imunização do Distrito Oeste, Luciano Batista Barreto, o atendimento é feito diariamente à população em seis comunidades no Rio Negro e cinco no Rio Amazonas. Na comunidade de Nossa Senhora de Fátima, aproximadamente 1.300 pessoas são alcançadas.

Por conta da cheia, Luciano destaca o apoio das Forças Armadas com a logística e mobilidade. “Diariamente estamos em campo. O Exército faz todo esse apoio logístico para chegarmos às localidades. O quantitativo que conseguimos imunizar por dia é muito maior com o apoio logístico do Exército”.

Fonte: Comando Militar da Amazônia