Comando Conjunto Norte realiza apreensões na faixa de fronteira

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 mai 2021
Crédito: CCjN

Macapá (AP) - Entre os dias 3 e 14 de maio, o Comando Conjunto Norte (CCjN), formado pelo Comando Militar do Norte (CMN), do Exército Brasileiro; pelo 4º Distrito Naval, da Marinha do Brasil; e pelo Comando Aéreo Norte, da Força Aérea Brasileira, realizou ações no contexto da Operação Ágata, nas localidades de Oiapoque (AP), Vila Vitória (AP), Vila Brasil (AP), Ilha Bela (AP) e Tiriós (PA).

O Comando de Fronteira Amapá/34° Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron AMAPÁ/34º BIS) operou postos de controle e interdição fluvial e postos de bloqueio e controle de estradas e realizou patrulhamentos de fronteira. As ações visam à segurança e à proteção da fronteira norte da Amazônia Oriental.

Ao longo da operação, foram apreendidos e apresentados na Delegacia da Polícia Federal do Oiapoque: 30 estrangeiros em situação irregular no território brasileiro, sendo 14 haitianos, nove cubanos, seis franceses e um surinamês; cerca de R$ 120.000,00 em materiais relacionados ao garimpo ilegal, incluindo uma embarcação e um motor de popa de 200 HP; ouro e munição de espingarda calibre 12.

Nas Operações Ágata, que ocorrem ao longo de todo o ano, são conduzidas ações integradas e coordenadas entre o Exército Brasileiro e as instituições de segurança e fiscalização nas esferas municipal, estadual e federal. As ações desencadeadas na faixa de fronteira do estado do Amapá são coordenadas pela 22ª Brigada de Infantaria de Selva, Brigada Foz do Amazonas.

Fonte: Comando Conjunto Norte