Brasil e Colômbia realizam intercâmbio de desminagem humanitária na Colômbia

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 06 mai 2021
Integrantes do GATI-CO participaram de intercâmbio no Centro Internacional de Desminagem (CIDES) da Colômbia.
Crédito: Maj BISPO - Ch GATI-CO

Bogotá (Colômbia) Nos dias 3 e 4 de maio, os militares brasileiros que integram o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO), Maj de Engenharia do Exército Brasileiro Cláudio Santos Bispo e Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas, realizaram intercâmbio sobre a desminagem humanitária realizada na Colômbia com militares do Centro Internacional de Desminagem (CIDES), na cidade de Nilo em Cundinamarca.

Os militares do GATI-CO apresentaram a missão e a contribuição que o grupo tem proporcionado aos militares colombianos que são capacitados e certificados como Monitores Nacionais para a garantia da gestão de qualidade nas operações de desminagem. Por parte dos militares colombianos, foram apresentadas a composição, organização e forma de condução dos cursos internacionais que são ministrados pelos instrutores do CIDES.

O intercâmbio proporcionou aos oficiais da Engenharia do Brasil a troca de conhecimentos, atualização de procedimentos para a capacitação e a oportunidade de visualizar a estrutura, os meios empregados e o nível de conhecimento técnico que o CIDES possui na temática de desminagem humanitária. O referido centro, em março de 2019, foi certificado pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) como único centro de preparação e capacitação de militares em desminagem militar e humanitária na América Latina.

A atividade foi importante para a integração do Brasil com o CIDES, que é um centro de excelência na formação de líderes e supervisores nacionais em desminagem humanitária na Colômbia. Eles possuem a capacitação requerida e, após seleção pelo Comando Geral das Forças Militares (CGFM), estão aptos a realizar o Curso de Monitores Nacionais de Desminagem Humanitária, ministrado pelo GATI-CO. O intercâmbio contou com a participação de militares brasileiros que compõem a Missão de Instrução e Assessoramento em Desminagem Humanitária (MIADH) e integram a equipe de instrução do CIDES.