General Leal Pujol passa o comando do Exército para o General Paulo Sérgio em Brasília

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 20 abr 2021
Crédito: ST Edmilson, Cb Estevam, Sd Lucas Almeida

Brasília (DF) – O General de Exército Edson Leal Pujol transmitiu o cargo de Comandante da instituição ao General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, em cerimônia realizada no Clube do Exército, em Brasília, no dia 20 de abril. O evento manteve a tradição da passagem de comando e contou com a presença do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e de autoridades civis e militares.

Em suas palavras, o Comandante sucedido lembrou o trabalho realizado no período em que esteve à frente da instituição, agradecendo a todos que, em diferentes esferas, contribuíram para o seu comando e para o Exército Brasileiro: “passados pouco mais de dois anos, posso afirmar, convicto, que encerro um capítulo marcante de minha vida pessoal e profissional, rico de experiências e pleno de realizações. (...) A vocês todos, homens e mulheres, civis e militares, integrantes da Força Terrestre, agradeço a excepcional dedicação. Vocês são credores da minha eterna gratidão e do meu sincero reconhecimento pelo brilhante desempenho, pela superação de obstáculos e adversidades, pelas missões muito bem cumpridas, pelas vitórias alcançadas e pelos objetivos conquistados”.

O Ministro da Defesa, General Walter Braga Netto, destacou, durante seu discurso, o trabalho realizado pelo Comandante sucedido: “tenho a honra e o privilégio de apresentar, com gratidão, as despedidas ao meu dileto amigo, General Leal Pujol, no momento em que se encerra sua missão à frente do Exército Brasileiro, após dois anos de dedicação e realizações em prol do Exército de Caxias e da defesa da Nação. Na condução da Força Terrestre, manteve a agenda alinhada à política e à estratégia nacional de defesa, otimizando e racionalizando os investimentos e os efetivos, além de valorizar o planejamento a longo prazo”. O ministro encerrou seu discurso ressaltando: “missão cumprida com louvor!”.

O Comandante sucessor, General Paulo Sérgio, disse que dará continuidade ao trabalho realizado pelo General Leal Pujol e que se sente honrado ao assumir o cargo: “é um desafio que a gente sabe que vai vencer com muito trabalho e com muita dedicação. Tenho uma ligação muito grande com a tropa e o Alto Comando do Exército. Nós estamos unidos e coesos em prol da missão constitucional da Força e, é nesse sentido que hoje eu tenho a honra de assumir o comando do Exército de Caxias”.

Como parte da tradição da solenidade, o novo Comandante recebeu uma réplica da invicta espada de Duque de Caxias, patrono do Exército, das mãos do Comandante sucedido. O ato simboliza e materializa a responsabilidade da assunção do comando e da condução do destino da Força Terrestre sob a inspiração dos exemplos do patrono.

O novo Comandante

O General de Exército Paulo Sérgio exercia o cargo de Chefe do Departamento-Geral do Pessoal (DGP) em Brasília. Ele nasceu na cidade de Iguatu, estado do Ceará, em 28 de agosto de 1958, e é filho de José Adolfo de Oliveira (in memorian) e Lindalva Nogueira de Oliveira. Foi promovido ao posto atual em 31 de março de 2018.

Em 1977, ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), sediada em Resende (RJ), tendo sido declarado Aspirante a Oficial da Arma de Infantaria em 15 de dezembro de 1980.

O General Paulo Sérgio é casado com a senhora Maria das Neves Paiva França de Oliveira. O casal possui três filhos, dois netos e uma neta.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército