Militares temporários de Batalhão realizam primeiro exercício de longa duração

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 abr 2021
Crédito: Sd Bruno Slusarz

Ponta Grossa(PR) – Foi realizada, no Campo de Instrução General Calasans, entre os dias 6 e 12 de abril, a tradicional Operação Boina Preta pelos soldados recém-incorporados, alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) e um cabo especialista temporário. Conduzido pelo 13º Batalhão de Infantaria Blindado (13º BIB), o primeiro exercício de longa duração realizado por esses militares iniciou-se com marcha de 12 km e contou, ainda, com as seguintes instruções: pista de obstáculos, progressão diurna e noturna, orientação em campanha diurna e noturna, tiro de ação reflexa diurno e noturno, pista de primeiros socorros em combate, silenciamento de sentinelas, combate à baioneta, obtenção de água e fogo, construção de abrigos improvisados, obtenção de alimentos de origem vegetal e animal, construção de armadilhas de caça, pista de cordas e fortificações de campanha.

A Operação Boina Preta é realizada anualmente, desde 1985, e tem como objetivos consolidar conhecimentos teóricos adquiridos anteriormente e desenvolver atributos da área afetiva, como rusticidade, coragem e espírito de corpo, além de habilidades e conhecimentos pertinentes à profissão militar.

Ao término de aproximadamente 130 horas de exercício, passando por 17 oficinas de instruções diferentes, os 273 estagiários receberam a boina preta, símbolo do combatente blindado, resultado da determinação e capacidade de superação demonstrada pelos soldados do 13º BIB, do ano de 2021.

Fonte: 13º BIB