Alunos da EsPCEx chegam à AMAN para continuar formação militar

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 02 fev 2021
Crédito: AMAN

Resende (RJ) – 27 de janeiro de 2021: um marco na vida de dezenas de jovens que, após passarem pela Escola Preparatória de Cadetes (EsPCEx), em Campinas (SP), iniciaram uma nova etapa na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende.

Na ocasião, os 433 alunos da Turma Bicentenário do General João Manoel Menna Barreto (385 do sexo masculino e 48 do sexo feminino) apresentaram-se na Academia para mais um importante passo no Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico: o segundo ano da formação militar. A cerimônia de entrada pelos Portões da AMAN, que inaugura esta nova fase, será realizada no dia 6 de fevereiro. Já a saída dos alunos pelos portões da EsPCEx, que encerrou a fase preparatória, foi realizada no dia 12 de dezembro de 2020.

Ao adentrarem a instituição pela qual muitos já passaram em outras ocasiões (como na prova para ingresso na EsPCEx ou na visita à AMAN em 2020), os alunos sentiram uma sensação diferente. "É de fato uma data marcante para nós. Sempre quis essa carreira para minha vida, tomei a decisão, preparei-me e hoje estou aqui”, afirmou o aluno Guerra Silva.

Os futuros cadetes foram recepcionados no Pátio Marechal Mascarenhas de Moraes. Após a despedida dos familiares, todos passaram pelas ações de prevenção à covid-19, tais como aferição de temperatura, higienização das mãos e preenchimento de questionário acerca de condições de saúde. Em seguida, os alunos foram deslocados para suas alas, todas previamente higienizadas pela equipe do Hospital Veterinário.

A programação de recepção também contou com formatura, da qual participaram o Comandante da AMAN, General de Brigada Paulo Roberto Rodrigues Pimentel, o Comandante da EsPCEx, Coronel Flavio Moreira Mathias, e oficiais instrutores. O objetivo da cerimônia foi passar o corpo de alunos da EsPCEx ao comando do Curso Básico da Academia.

Na oportunidade, os futuros cadetes entoaram a canção da EsPCEx pela última vez como alunos. Em breve, a canção da AMAN é que fará parte do cotidiano desses jovens, fornecendo sentido à missão que eles assumiram para suas vidas.

Os “irmãos brasileiros”, aos quais a canção se refere, se reúnem para mais um ano no livro de histórias da Academia. Há 210 anos formando oficiais, a AMAN também se orgulha de ter a previsão de formar, em 2021, a primeira turma de aspirantes a oficial com cadetes do sexo feminino.

A aluna Rafaela afirma que terá como referência as cadetes que se dedicam para a conclusão do curso em 2021, um grande marco. “Eu busco esse sonho há algum tempo. Foi na quarta tentativa que conquistei o ingresso à Escola Preparatória. Na AMAN, buscarei seguir os valores e honrar a tradição. E a nossa família faz com que esses desafios se tornem possíveis”, finalizou.

 

Fonte: Academia Militar das Agulhas Negras