Realização da Operação Membeca 2020

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 27 out 2020
Crédito: 1ª DE

Rio de Janeiro (RJ) – A 1ª Divisão de Exército (1ª DE), Divisão Mascarenhas de Moraes, iniciou na quarta-feira, 21 de outubro, a tradicional Operação Membeca, exercício de adestramento avançado realizado no Campo de Instrução da Academia Militar das Agulhas Negras, com a participação do Grupamento de Unidades Escola/9ª Brigada Infantaria Motorizada, da Artilharia Divisionária da 1ª DE e das organizações militares diretamente subordinadas. Por conta da adequação de calendário imposta pela pandemia da COVID-19, a 4ª Brigada de Infantaria Leve de Montanha (4ª Bda Inf L Mth) não participa do adestramento no terreno, porém esteve presente no Exercício de Simulação Construtiva da 1ª DE, realizado como preparação para a Operação Membeca, no Centro de Adestramento Leste.    

A Operação foi concebida num quadro hipotético de defesa da pátria, no amplo espectro, com operações ofensivas, operações defensivas e operações contra forças irregulares, seu início foi caracterizado pelo apronto operacional, descentralizado, das organizações militares. O tiro das armas coletivas das peças de manobra da 9ª Bda Inf Mtz e o tiro da Artilharia Divisionária, previstos para a ação final do exercício, foram oportunidades de adestramento para as respectivas guarnições.

Participaram, também, do tiro de artilharia, o 4° Grupo de Artilharia de Campanha Leve, o 8º Grupo de Artilharia de Campanha Pára-quedista e o 31º Grupo de Artilharia de Campanha (Escola), além dos três grupos orgânicos da Artilharia Divisionária da 1ª DE, o 11º Grupo de Artilharia de Campanha, o 14º Grupo de Artilharia de Campanha e o 21º Grupo de Artilharia de Campanha.

A Operação Membeca é um exercício militar de grande envergadura, caracterizado pela elevada mobilização de meios materiais e pessoais. Este ano, há a previsão de consumo de 23.891 etapas de alimentação, 108.276 litros de combustível, 20.457 tiros de diferentes calibres, e emprego de 3.159 militares em 505 viaturas operacionais.

Fonte: 1ª DE