Brigada participa da Operação Ágata na faixa de fronteira

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 09 out 2020
Crédito: Sd Peranzoni

Santiago (RS) – A 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (1ª Bda C Mec), participou da Operação Ágata, que foi desencadeada pela 3ª Divisão de Exército (3ª DE), no dia 5 de outubro de 2020, com o objetivo de realizar fiscalização na faixa de fronteira com a Argentina atuando contra os crimes transfronteiriços, ambientais e na intensificação da presença do Estado na região noroeste do Rio Grande do Sul, Subárea de Segurança Integrada (SASI) que se estende das cidades de Itaqui até Iraí, totalizando 600 quilômetros.

Todas as organizações militares subordinadas à 1ª Bda C Mec participaram da Operação, com a realização de Postos de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE) e patrulhas motorizadas. Participaram também, em apoio, os órgãos de segurança pública da região, representados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Além dessas missões, as tropas da Brigada distribuiram panfletos e orientaram a população quanto às medidas de prevenção à disseminação do novo coronavírus.

No dia 8 de outubro de 2020, foi finalizada a Operação. A 1ª Bda C Mec apreendeu mais de 140 gramas de maconha em seus PBCE, nas cidades de Santiago, Seberi e Iraí. Foi destaque a atuação dos cães farejadores do 1º Pelotão de Polícia do Exército Mecanizado (1º Pel PE Mec), que contribuíram nas apreensões. Ainda em Iraí, foi apreendida uma carga de material calçadista de origem estrangeira no valor de R$ 24.300,00 (vinte e quatro mil e trezentos reais), entre pares de chinelo e tênis.

O Comandante da 1ª Bda C Mec, General de Brigada Ricardo de Castro Trovizo,  acompanhou os PBCE de toda a SASI e verificou a atuação da Brigada na fiscalização da faixa de fronteira e na atuação contra crimes transfronteiriços e ambientais.

Fonte: 1ª Bda C Mec