Brigada apoia ações cívico-sociais em Comunidades Indígenas da região do Alto Rio Negro

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 10 jun 2020
Crédito: 2ª Bda Inf Sl

São Gabriel da Cachoeira (AM) – No sábado, 6 de junho, uma comitiva deslocou-se de Brasília em direção ao município de São Gabriel da Cachoeira, com militares de saúde do Hospital das Forças Armadas (HFA), integrantes da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) e equipes de imprensa e comunicação social.

Com o apoio da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, a atividade visa prestar apoio de saúde às populações indígenas da região do Alto Rio Negro. Diariamente, a equipe parte para a sede de um Pelotão Especial de Fronteira (PEF), iniciando as suas primeiras atividades já no domingo (7).

A primeira comunidade indígena visitada foi Maturacá, localizada próximo ao Pico da Neblina, nos dias 7 e 8 de junho. Em Maturacá situa-se o 5º PEF  a 140 Km, em linha reta, de São Gabriel da Cachoeira. Nessa região vivem em torno de 600 indígenas da etnia Yanomami, que, ao longo do dia, foram assistidos pela equipe de saúde do Hospital das Forças Armadas que prestou atendimento médico e odontológico.

No dia 9 de junho, foram realizadas atividades na Comunidade Indígena de Querari, cuja etnia predominante é a Kubeo com 250 indígenas, próximo à sede do 2º PEF e a 340 quilômetros, em linha reta, de São Gabriel da Cachoeira. No dia 10 de junho, foi a vez da Comunidade de Yauaretê, com 3 mil indígenas, base do 1º PEF.

Também foram entregues às comunidades cerca de 6,5 mil itens, entre equipamentos de proteção individual (EPI), medicamentos, testes rápidos para COVID-19 e malária. Além disso, foi ministrada palestra sobre higiene bucal, distribuidos kits de escovação, e aplicadas diversas vacinas. Também foram entregues 2 toneladas de alimentos enviados pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED) para 4 escolas indígenas de Maturacá.

Fonte: 2ª Bda Inf Sl