Oficial de Ligação do Exército Brasileiro na França participa de intercâmbio de logística nas operações

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 16 mar 2020

Paris (França) – No dia 11 de março, nas Escolas Militares de Bourges (EMB na sigla em francês), que agrupam as tradicionais Escola de Trem e da Logística Operacional (École du Train et de la Logistique opérationnelle - ETLO) e a Escola de Material (École du Matériel - EM), foi realizado o intercâmbio sobre logística nas operações. O evento contou com a presença de integrantes das EMB e do Oficial de Ligação do Exército Brasileiro junto ao Exército da França, Coronel Francisco Wellington Franco de Souza.

A Escola de Trem e da Logística Operacional tem por missão precípua a formação dos recursos humanos da arma de Trem, responsável pelas Funções Logísticas Suprimento e Transporte, bem como da formação na área da logística operacional nos níveis conjunto, singular e interaliado, no tocante ao apoio logístico às operações exteriores e no território nacional. A Escola de Material tem uma dupla vocação, sendo encarregada da formação continuada dos oficiais da arma de Material, responsável pelas Funções Logísticas Manutenção e Salvamento, além da formação técnica de graduados, praças e pessoal civil dos serviços pertencentes ao Ministério da Defesa nessa área do conhecimento.

Na oportunidade, foram apresentados pelo Comandante da Escola de Trem e da Logística Operacional, General de Brigada do Exército da França Frédéric Sabia, uma visão panorâmica da ETLO e suas capacidades de formação, sendo enfatizada a possibilidade de aumento do intercâmbio entre os dois exércitos na área de logística operacional. A seguir, foram apresentadas as principais lições aprendidas no que concerne ao apoio logístico às operações, enfatizando-se os retornos de experiência da Operação Barkhane, e os desafios para logística com a chegada dos novos sistemas e materiais de emprego miltar (SMEM) de última geração do Programa SCORPION.

Na ocasião, foram destacadas as capacidades na área de manutenção da condição operacional do material terrestre (COM-T na sigla em francês), a doutrina de manutenção (conjunta e singular) nas operações e os desafios dessa função logística para o futuro, em particular da constatação do retorno do combate de alta intensidade. Um ponto a ser ressaltado foi a verificação da larga utilização de meios de ensino assistido por computador na formação do pessoal de manutenção.

O evento serviu também para um melhor conhecimento das estruturas logísticas do Exército Brasileiro e do Exército Francês, de modo a serem prospectadas possibilidades de intercâmbios entre experts de logística nas áreas funcionais das EMB. Ademais, o caráter internacional dessas escolas, demonstrado por suas estreitas relações com as instituições homólogas de Alemanha, Espanha, Reuno Unido e Estados Unidos da América, ratificam a importância desses intercâmbios, particularmente no contexto de operações sob a égide de organismos internacionais.

Fonte: Oficial de Ligação do Exército Brasileiro junto ao Exército da França