Juramento à Bandeira dos "Últimos da Rua da Fonte”

 

No dia 25 de agosto de 1956, em solenidade no quartel do então 2º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (2° Esq CMec) da 2ª Divisão de Infantaria (2ª DI), os jovens alunos do 1° ano da Escola Preparatória de Cadetes de São Paulo (EPSP) ergueram seus braços direitos e realizaram o juramento à Bandeira do Brasil. Sessenta anos depois, vários daqueles alunos, hoje conhecidos como os “Últimos da Rua da Fonte” (1956/1958), em solenidade no quartel do 32° Batalhão de Infantaria Leve, em Petrópolis (RJ), na manhã de 20 de agosto de 2016, ergueram mais uma vez seus braços direitos na horizontal, palmas das mãos voltadas para baixo e, perante a Bandeira do Brasil, reafirmaram aquele compromisso solene, desta vez conduzido por um deles, o General de Divisão Ref Adalberto Imbrósio, o Aluno n° 003 e primeiro lugar da turma.

 

 

 

Em seguida, “no azul do firmamento”, todos os presentes, inclusive a tropa (muito bem treinada), entoaram a canção da Escola Preparatória, nunca esquecida por seus ex-alunos. Depois, perante a tropa formada, em uma emocionante mensagem, o Advogado Wanderley Lobianco, Aluno n° 220 (1956/1958) relembrou o valor que aquele compromisso representou para todos eles, tanto para os que prosseguiram na carreira militar, quanto para os que seguiram diferentes destinos, como ele próprio e vários outros também ali presentes.

 

Por fim, após o desfile da tropa em continência aos "Últimos da Rua da Fonte", foi a vez deles próprios desfilarem, fazendo “alto” à frente de suas esposas e familiares, em homenagem aos quais, o General de Exército Ref Rômulo Bini Pereira (Aluno n° 191) conduziu três “hippie-hurras”, respondidos com a mesma vibração e entusiasmo que caracterizavam aqueles meninos da bucólica "Rua da Fonte, n° 91", da antiga cidade de São Paulo. Para eles, pouco importa que a rua tenha mudado de nome e a EPSP tenha passado a funcionar, a partir de 1959, na cidade de Campinas (SP), para onde também convergiram as Escolas Preparatórias de Fortaleza (EPF) e de Porto Alegre (EPPA). Em seus corações, o mais importante é que eles são os “ÚLTIMOS DA RUA DA FONTE”.

 

E scola forte e gloriosa

P eitos valentes a lutar

S ombra da Pátria majestosa

P átria que haveremos de honrar!!!

 

 

(Acróstico feito em 1956, pelo aluno 189 – Paulo R Yog M Uchôa – 1956/1958 – hoje General de Divisão Ref)

Fonte:Paulo R Yog M Uchôa – Gen Div Ref
Publicado:$pubDate