EsFCEx homenageia Patrono do Quadro de Complementar de Oficiais

 

Salvador (Bahia) – No dia 4 de outubro, a Escola de Formação Complementar do Exército e Colégio Militar de Salvador (EsFCEx/CMS) prestou uma homenagem à Patrono do Quadro Complementar de Oficiais, a baiana Maria Quitéria de Jesus Medeiros, na praça da Soledade, em Salvador (BA).

 

 

A solenidade contou com a participação dos oficiais-alunos do Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar (QCO), além de oficiais do QCO e de alunos do Colégio Militar de Salvador e do Colégio Soledade, contando, também, com uma representação da Marinha do Brasil e da Polícia Militar da Bahia.

 

 

Quem foi Maria Quitéria?

 

A heroína baiana, Maria Quitéria (1792-1853) nasceu na fazenda Serra da Agulha, na freguesia São José de Itapororocas (hoje Feira de Santana). Foi a primeira brasileira a integrar uma Unidade militar no País. Sem o aval de seu pai para lutar pela consolidação da Independência do Brasil, em 1822, a sertaneja fugiu de casa e, com o uniforme de seu cunhado, passando-se por homem, alistou-se com a alcunha de Soldado Medeiros.

 

No pouco tempo em que sua identidade permaneceu oculta, conquistou a confiança e o respeito de comandantes e pares por sua bravura, disciplina e perícia no manejo das armas.

 

Em Salvador, participou de combates como o que ocorreu na Pituba, bairro que sedia hoje a EsFCEx. A luta de Maria Quitéria influenciou outras mulheres, que formaram um grupo feminino liderado por ela. Por mérito aos seus feitos, foi promovida a alferes e condecorada no grau Cavaleiro da Ordem Imperial do Cruzeiro.

Fonte:EsFCEx/CMS
Publicado:$pubDate