Publicador de conteúdo web

Retornar para página inteira
${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 nov 2021
Crédito: 1º Sgt Sionir

Brasília (DF) – Nesta sexta-feira, 19, foi comemorado em todo o Exército Brasileiro o Dia da Bandeira, data que celebra o maior símbolo da Pátria. No Quartel-General do Exército (QGEx), em Brasília, a solenidade foi presidida pelo Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira

A cerimônia foi iniciada com o hasteamento da Bandeira Nacional pelo Comandante do Exército. Na sequência, foi realizada a tradicional incineração das bandeiras que se tornaram inservíveis em 2021. Após o canto do Hino à Bandeira pela tropa, o Comandante do Exército realizou a entrega de bandeiras e kits cívicos a representantes das instituições de ensino Colégio Militar de Brasília e Escola Classe do Setor Militar Urbano, ambas do Distrito Federal. 

Na leitura do Alusivo ao Dia da Bandeira, o General Paulo Sérgio exaltou a importância do maior símbolo brasileiro. “As palavras ‘ordem e progresso’, inscritas na legenda, ressaltam o quão necessárias são essas condições para que a sociedade, tendo no Exército o seu Braço Forte, mantenha-se firme no seu rumo em busca do bem-estar dos brasileiros. Tomados pelo entusiasmo ao ver a Bandeira tremulando, de norte a sul e de leste a oeste, nós, fiéis soldados, reconhecemo-la como o símbolo augusto da grandeza da Nação”.

Bandeira Nacional
A Bandeira Nacional foi adotada pelo decreto nº 4, de 19 de novembro de 1889, quatro dias após a Proclamação da República. O símbolo constituiu-se como uma adaptação da Bandeira do Império Brasileiro, que teve o escudo imperial português substituído por um globo que representa o céu do Rio de Janeiro, local onde foi proclamada a República. 

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército