Publicador de conteúdo web

Retornar para página inteira

Publicação: Ter, 08 Ago 2017 16:11:00 -0300

São Gabriel (RS) – O ST Osorio Santana Figueiredo faleceu no dia 06 de Agosto de 2017, aos 91 anos.

Antes de partir, pediu para seu filho Beraldo Lopes Figueiredo ser porta-voz neste agradecimento:

“Sou grato a todos os gabrielenses, grato ao Exército Brasileiro no qual me acolheu e servi fazendo dele uma missão.

Grato a Santa Casa de caridade, a provedoria, aos médicos, as enfermeiras.

Grato a minha família, esposa, filhos e parentes, grato a minha amada cidade.

Grato aos meus amigos pessoais, amigos distantes, amigos presentes, grato ao carinho e solidariedade nas horas difíceis.

Nada tenho a reclamar, pois Deus foi generoso comigo, me deu uma terra no qual amei e nela construí tudo que sou. Deixo como herança a todos os gabrielenses minhas obras, estarei presente nos livros que escrevi, nas árvores que plantei, nos filhos que criei, nos netos e bisnetos.

Adeus São Gabriel, que os que nascerem nesta terra, lutem por ela, não basta idealizar, tem que fazer”.

O Prefeito Municipal de São Gabriel decretou, na manhã de domingo, 6 de agosto, luto oficial de três dias. O Subtenente Osorio foi sepultado no Cemitério da Irmandade da Santa Casa de Caridade, no final da tarde do mesmo dia. O caixão foi carregado por militares do 9º RCB – “Regimento João Propício”, Unidade na qual serviu.

O Subtenente, historiador e biógrafo é um dos nomes mais importantes da cultura de São Gabriel. Escreveu várias obras, dentre as quais destaca-se: Marechal João Baptista Mascarenhas de Moraes; História de São Gabriel; As Revoluções da República; Sesquicentenário da Caserna de Bravos; Plácido de Castro, o Colosso do Acre; Caxias, o Predestinado da Pátria; General Osorio - O Perfil do Homem; e Marechal João Propício Menna Barreto – Barão de São Gabriel. Foi coautor do livro do 9º RCB – Regimento João Propício, juntamente com o Coronel Evandro Itamar Lupchinski, antigo comandante do regimento e o Coronel Luiz Ernani Caminha Giorgis.

Possuidor de impressionante cultura e invulgar memória, pertenceu às seguintes instituições: Sócio fundador do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul; Sócio Fundador da Associação Cultural Alcides Maya (ACAM), São Gabriel; Membro da Academia Sul Brasileira de Letras, ocupando a cadeira número 25; Acadêmico Emérito da Academia de História Militar Terrestre do Brasil/RS, ocupando a cadeira número 13, da qual é Patrono o General João Borges Fortes. Distinções civis e militares: Diploma de Colaborador Emérito do Exército; Diploma do Mérito João Propício; Medalha do Pacificador; Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes; Medalha da Ordem do Mérito Militar, Grau Cavaleiro; Comenda Dante Laytano, Comissão Gaúcha de Folclore; Medalha da Ordem Militar, Grau Oficial; Medalha Comemorativa do Bicentenário do Duque de Caxias.

Além disso, foi cofundador da Associação dos Militares da Reserva Remunerada, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas em São Gabriel (ASMIR) e responsável, por muitos anos, do Museu João Pedro Nunes e do Museu Gaúcho da FEB.

O Comando do Regimento e seus integrantes registram o reconhecimento a este ilustre militar e cidadão da Terra dos Marechais e apresentam as mais sinceras condolências!

Que Deus conforte os familiares e amigos!

 


Fonte:9º RCB