Exército Brasileiro colabora na preservação ambiental

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 17 mar 2022
Crédito: Sd da Souza

Rio de Janeiro (RJ) – O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) – “Campo de Provas da Marambaia/ 1948” recebeu, em 16 de março, uma equipe de pesquisadores do Instituto Biociências (IBIO), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), composta pela Professora Doutora Tatiana Medeiros Barbosa Cabrini, responsável pelo Laboratório de Ecologia Marinha (ECOMAR), e por alunos de doutorado e mestrado daquela universidade.

A finalidade do evento, que também conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), foi realizar estudo através de bioindicadores naturais e durante a maré mais baixa de sizígia, a respeito da preservação das praias arenosas na Restinga da Marambaia, em comparação com praias não preservadas.

Os pesquisadores enfatizam que a presença do Exército Brasileiro na área é de fundamental importância para o estudo, tendo em vista que a macrofauna do ecossistema no CAEx é totalmente preservada e serve como parâmetro para abordagens ecológicas.

A presença e a atuação do Exército Brasileiro garantem a preservação do meio-ambiente e possibilitam à ciência a expansão do conhecimento a respeito da biodiversidade de nosso País, na atualidade e para as gerações futuras.

Fonte: CAEx