Dia do Serviço de Assistência Religiosa do Exército - 13 de fevereiro

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 10 fev 2022
Crédito: CCOMSEx

No dia 13 de fevereiro, o Exército Brasileiro comemora o Dia da Assistência Religiosa e homenageia seu patrono, o Capitão Capelão Antônio Álvares da Silva – o “Frei Orlando”. Esse sacerdote, pastor dos militares, tornou-se um modelo de vida exemplar, na paz e na guerra, jamais deixando de levar o alento espiritual ou a sagrada eucaristia aos necessitados em diversas oportunidades, inclusive nos dias de mais atividades bélicas da Segunda Guerra Mundial, mostrando-se, além de religioso, um vibrante soldado da Pátria.

Frei Orlando apresentou-se voluntariamente no 11° Regimento de Infantaria para prestar seus serviços à Força Expedicionária Brasileira que partia para terras distantes. Declarou a um amigo que era uma missão que recebera de Nossa Senhora e sabia que não iria voltar. Era o congregado mariano que exercia seu juramento: “prometi, fiel serei”. No dia de sua partida, já como Capelão Militar, proferiu, exultante: “Hoje é o dia mais feliz de minha vida, completei o meu ideal: sou agora soldado de Deus e da Pátria.”

Em terras italianas, após suas orações, estava sempre rodeado de jovens italianos famintos em busca de alimento, face à miséria da guerra. Lembrando de sua “Sopa dos Pobres”, que organizava no Brasil, Frei Orlando logo se pôs a ajudar os necessitados com mantimentos recolhidos dos “pracinhas” brasileiros.

Em plena guerra, como soldado engenhoso na caridade, Frei Orlando, com o auxílio de uma freira, organizou um asilo improvisado na cidade de Pisa. Não dispunha de outros recursos para mantê-lo, senão o de valer-se da caridade dos soldados. No asilo, eram lavadas as roupas dos soldados em troca de alimentos.

Sua presença era constantemente notada na primeira linha, como se lê em um trecho de carta que escreveu a seus familiares: “Desde que vim para a linha de frente, estou sempre no Posto de Saúde Avançado a fim de atender os feridos que chegam do campo de batalha. De fato, vivo “zanzando” por toda parte, hoje aqui, amanhã ali, dormindo ora neste, ora naquele lugar, sempre na linha de frente. Até hoje, nada sofri. Ao contrário, estou bem-disposto, alegre e sempre animando os necessitados.”

Como centenas de compatriotas que deixaram suas vidas nos campos de batalha da Itália, em defesa da liberdade, Frei Orlando também não pôde retornar à sua terra natal. Vitimado por um disparo acidental, durante uma visita de conforto à tropa, tombou em terras distantes, no dia 20 de fevereiro de 1945, com apenas 32 anos de idade. Ficou eternizado na história como exemplo de pastor e soldado, que, como seu Mestre Jesus, jamais deixou para trás uma ovelha perdida ou um guerreiro morto ou ferido.

A exemplo desse bravo Soldado de Cristo, não nos deixemos dominar pelo desânimo, pois as labutas e os desafios devem ser enfrentados com destemor e alegria, e a vida é um dom gratuito de Deus, mistério insondável. Buscar vivê-la com coragem e com um coração audível ao sussurrar do Espírito Santo, deve ser a nossa meta diária para alcançarmos uma vida repleta de sentidos e inspirações, armas indispensáveis para vencer qualquer batalha.

Que o entusiasmo, a coragem e a fé de Frei Orlando estejam sempre vivos nos corações e nas mentes, impulsionando nossas ações para levar, com alegria e esmero, a boa palavra de fé e o conforto a todos os nossos irmãos necessitados, dentro e fora da Força Terrestre, como valorosos Soldados de Cristo, na paz ou na guerra.

O SAREX possui em seu Quadro de Capelães Militares padres e pastores abnegados ligados a diversas igrejas presentes em todo o território nacional, que oferecem assistência religiosa e espiritual à Família Militar. São homens valorosos que dedicam suas vidas diuturnamente desenvolvendo atividades pastorais de instrução, de educação moral e ética, de culto e de caridade.

O Exército Brasileiro reconhece o valoroso trabalho realizado pelo SAREX, auxiliando os integrantes da Força na obtenção do equilíbrio espiritual e emocional, tão importantes para o bom desempenho profissional dos nossos soldados, e contribuindo sobremaneira para o fortalecimento da Dimensão Humana da Força.

Feliz Dia do SAREx a todos!


Brasília-DF, 13 de fevereiro de 2022.

 

.: Versão em pdf para impressão.            

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército