Escola de Sargentos das Armas Completa 127 Anos

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 28 mai 2021
Crédito: ESA

Três Corações (MG) – No dia 28 de maio de 2021, A Escola de Sargentos das Armas (ESA) Escola Sargento Max Wolf Filho, celebra seus 127 anos; destes, 71 em Três Corações, completados no início do mês. Em meio a tantos motivos para comemorar, a ESA realiza uma semana de atividades.

Durante a semana, haverá formatura geral, competição de orientação, realização da prova invictus, palestra sobre a “história da ESA” e live da Banda de Música. Essas atividades comemorativas visam ao fortalecimento do espírito de corpo, com o envolvimento de toda a Escola, assim como, reforçam os valores e as missões militares e destacam a importância da ESA nesse contexto.

Nesse clima de rememoração da história, ao ser perguntado sobre como é fazer parte dela, o veterano General de Exército Jarbas Bueno da Costa, eterno comandante e amigo da ESA, ressaltou que “É importante, é uma vida inteira que eu comecei a minha participação no Exército, então, eu sempre terei uma ligação muito profunda com essa escola”.

Para o Comandante da Escola, General de Brigada Flavio Alvarenga Filho, comemorar esta data é “poder enaltecer a história da escola que vem formando gerações e gerações de sargentos de carreira, combatentes da Força Terrestre, sempre com profissionalismo, competência, seriedade e com foco nos valores e tradições que norteiam o Exército de Caxias”.


Histórico
Sediada em Três Corações, desde 1950, a Escola de Sargento das Armas foi criada no dia 21 de agosto de 1945, ao término da 2ª Guerra Mundial, por meio do Decreto Nº 7.888. Ela originou-se da Escola de Sargentos de 1894, fruto da necessidade de uma maior profissionalização nos corpos de tropa, ocupando inicialmente as instalações da antiga Escola Militar do Realengo (Rio de Janeiro).

A transferência da ESA, do Rio de Janeiro para Três Corações (MG), iniciou no ano de 1949 e só foi concluída em 25 de maio de 1950, após ter ocupado as antigas instalações do 19º Regimento de Cavalaria. A primeira turma concluiu o Curso de Sargentos, em terras tricordianas, no dia 21 de dezembro de 1950.

A ESA tem por missão formar, anualmente, Sargentos Combatentes de Carreira das armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações do Exército Brasileiro; exercer o controle técnico-pedagógico do primeiro ano do Curso de Formação e Graduação de Sargentos (CFGS), realizado em Unidades Escolares Tecnológicas do Exército (UETE); conduzir o concurso de admissão aos CFGS de carreira, em conformidade com as instruções reguladoras específicas fixadas pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx) e contribuir para o aprimoramento da doutrina militar na área de sua competência.
  

2017

No dia 17 de outubro de 2017, um novo capítulo na história da ESA começou a ser escrito, quando foi aprovado o Decreto n° 9.171, o qual autorizou o Exército a implantar o nível superior de tecnologia nos diversos cursos de formação de sargentos (CFS).

Sendo assim, o Estado-Maior do Exército publicou a Portaria 504-EME, de 8 de dezembro de 2017, que aprova as diretrizes para a equivalência de estudos dos cursos destinados aos sargentos e subtenentes e a implantação do curso de formação de sargentos no grau superior de tecnologia.

A partir de então, a ESA passa a ter a missão de formar sargentos, habilitando-os para o exercício dos cargos das graduações de terceiro-sargento e segundo-sargento não aperfeiçoados, estabelecidos nos quadros de cargos (QC), em tempo de guerra ou de paz, diplomando-os, a partir de 2020, inclusive, com o grau acadêmico superior de tecnologia.

Fonte: ESA