Comando Conjunto Norte apoia ação de atendimento de saúde que beneficia mais de 37 mil indígenas

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 05 out 2020

Imperatriz (MA) – Com o objetivo de combater o novo coronavírus e prestar ações de atendimento sanitário às aldeias indígenas localizadas na região Tocantina, o Comando Conjunto Norte, por intermédio da 23ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl), está apoiando a 3ª fase da Operação Maranhão, que levará atendimento médico e veterinário a mais de 37.000 indígenas.

A missão transcorre entre os dias 28 de setembro e 5 de outubro, com a participação do 50º Batalhão de Infantaria de Selva (50º BIS), realizando o apoio logístico às comitivas dos Ministérios da Defesa e da Saúde nas aldeias Zutiua, Juçaral, Urucu, Juruá, Morro Branco e Bacurizinho, pertencentes à área de responsabilidade da unidade.

A operação, que possui um caráter humanitário e é coordenada pelos Ministérios da Defesa e da Saúde, conta com a participação de 25 militares oriundos de diferentes guarnições das Forças Armadas distribuídas pelo país, além do apoio de aeronaves do 4º Batalhão de Aviação do Exército e do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte, da Marinha do Brasil.

Fonte: 50º BIS