Mais de 1.400 famílias de Curitiba celebram importante fase na vida dos recrutas que deixam a vida civil


Crédito: Sd Lourenço/ Cb Cristian

Curitiba (PR) – Mais de 1.400 soldados curitibanos receberam a boina de seus familiares no Forte do Pinheirinho no último sábado, dia 11 de maio. A cerimônia teve o objetivo de marcar a passagem de jovens civis para a vida na caserna, com a conclusão do Período Básico da formação do militar. Além da solenidade militar, os convidados conferiram uma Exposição Interativa com diversas atrações para todas as idades.

A família tem papel de destaque na formação militar dos soldados. Algumas participam de forma mais intensiva, como é o caso da jornalista Aline Peres. A mãe do Soldado Bruno Henrique criou um site para relatar a sua experiência e a das mães dos recrutas curitibanos de 2019. “Para nós foi uma grande surpresa, porque ele imaginava que não ficaria. Por todo esse processo que foi angustiante, eu resolvi montar um site para compartilhar e deixar como registro para outras mães”, ressaltou Aline.

Camila Botega Neto, dona de casa, também prestigiou a conclusão da formação militar de seu filho. “É um troféu colocar a boina no meu filho na véspera do Dia das Mães. Ele ganhou uma família de farda e eu também ganhei novos filhos”, contou Camila, mãe do Soldado Neto.

A 5ª Divisão de Exército (5ª DE) elaborou uma programação especial para todos os familiares dos recrutas. O público infantil teve atividades exclusivas: uma peça de teatro, oficina de camuflagem, pista de cordas e a apresentação dos cães de guerra. Já o público adulto pôde conferir a exposição de materiais militares, de viaturas antigas e a pista de habilidades motociclísticas.

Os familiares também puderam passear em algumas viaturas militares e foram atendidos por profissionais da saúde. As apresentações da banda de música do Colégio Militar de Curitiba (CMC) e da Banda Marcial do Exército Brasileiro se destacaram entre as atrações.

“A base da nossa nação é a família. A família empresta o soldado pra vir pro serviço militar. A família dele se orgulha e eles constituem uma outra família aqui dentro – com companheiros e amigos que ficam para a vida inteira”, afirmou o General de Divisão Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante da 5ª DE.

Durante o período do serviço militar inicial, o efetivo teve a oportunidade de se preparar para a defesa da Pátria, além de apreender atividades que serão úteis em diversos ramos da sociedade. Os jovens são oriundos da Capital e da região metropolitana de Curitiba e cumpriram o Período Básico da formação em 16 organizações militares da cidade.

A cerimônia contou com a presença de autoridades civis e militares. A formatura da entrega da boina marcou o fim da formação militar básica do efetivo variável de Curitiba e região metropolitana. Simbolicamente a boina representa a transição de um jovem civil para um combatente básico do Exército Brasileiro.

 

Fonte: 5ª DE


Crédito: Sd Lourenço/ Cb Cristian