8º Batalhão de Engenharia de Construção intensifica ações junto à BR-163 para melhoria da trafegabilidade

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 13 mai 2019

Santarém (PA) – O 8º Batalhão de Engenharia de Construção (8° BEC), Batalhão Rondon, prossegue com a obra de pavimentação de 65 quilômetros da BR-163, localizada entre as cidades de Moraes Almeida e Novo Progresso, ambas no Estado do Pará. Assim, no mês de abril, foram intensificados os trabalhos de compactação, terraplanagem, drenagem, lançamento de sedimentos, perfurações de rochas, serviço de britagem e trabalhos topográficos.

Com o período chuvoso, que ocorre entre os meses de dezembro de 2018 e maio de 2019, e junto à Operação Xingu, o Batalhão Rondon havia iniciado, em 10 de dezembro de 2018, a Operação Radar II, com a missão de garantir fluidez, segurança, apoio e orientação aos usuários da BR-163. A Operação vem sendo realizada quando as condições de trafegabilidade das estradas não pavimentadas da região amazônica pioraram significativamente.

O trecho compreendido pela Operação Radar é o mesmo da Operação Xingu, em que as tropas do Exército Brasileiro estão trabalhando, 24 horas por dia e 7 dias por semana, no intuito de garantir o fluxo de carros, caminhões e carretas que se deslocam diariamente do Estado do Mato Grosso para o porto de Miritituba, no Pará.

Para operacionalizar a missão, foram montados três postos de controle de trânsito (PC Tran), com tropas do 53º Batalhão de Infantaria de Selva, sendo empregadas patrulhas motorizadas entre os PC Tran, a fim de levantar a situação de trafegabilidade do trecho.

Os militares do 8º BEC mobiliam os postos de manutenção do tráfego e, com o uso de máquinas especializadas, atuam no melhoramento da pista de rolamento, realizando o reforço de solo, reconformação de plataforma e reboque de carretas e carros, em um trecho de cerca de 45 quilômetros de estradas não pavimentadas.

Neste mês de maio, com o término do inverno amazônico, o 8° BEC retomará os trabalhos de construção do trecho.

A Operação Xingu teve início a partir da assinatura do Termo de Execução Descentralizada (TED), firmado em 8 de agosto de 2017, entre o Exército Brasileiro e o Departamento Nacional de Insfraestrutura de Transportes (DNIT) e sua conclusão está prevista para fevereiro de 2020.

Fonte: 8° BEC