XI Encontro de Direitos Humanos e Direito Internacional Humanitário na Colômbia

${the_title} - ${company_name}

Bogotá e Yopal (Colômbia) – De 8 a 14 de abril, ocorreu o XI Encontro de Direitos Humanos e Direito Internacional Humanitário, em Bogotá e Yopal, na República da Colômbia, que levou ao debate: “Pensar a paz a partir da memória, das vítimas e dos Direitos Humanos”. O objetivo dessa edição do evento foi capacitar e promover o debate sobre a implementação da paz, em que os protagonistas são as vítimas, as necessidades sociais e a vigência dos Direitos Humanos.

Os temas foram baseados em necessidades reais, ajustados para enfrentar os problemas sociais e as situações decorrentes da fase de pós-conflito armado colombiano, a necessidade de repensar ou modificar os acordos de paz e a possibilidade de desafios e novas tarefas para os membros Força Pública, instituições e sociedade em geral.

Como parte desse encontro, foi realizado um ato comemorativo à memória e solidariedade para com as vítimas, com a exposição “Relicários”, de autoria da artista colombiana javeriana Erika Diettes, reconhecida no país e no exterior por seu trabalho em apoio psicossocial às vítimas, em que, por meio de algumas técnicas artísticas, tem sido capaz de contar histórias como um elemento de reconstrução da memória.

O Exército Brasileiro esteve presente e realizou apresentações para as Forças Armadas e a Polícia Nacional, na Pontifícia Universidad Javeriana de Bogota, na Escuela Militar de Cadetes e na Octava División del Ejército Nacional, por intermédio da Assessoria 2 do Gabinete do Comandante do Exército, com conferencista especialmente convidado para apresentar questões inerentes ao cenário brasileiro, juntamente com mais 13 expositores de várias nacionalidades, incluindo uma ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, todos visando gerar um compêndio de percepções e lições aprendidas, aproveitáveis ao que se espera no processo de transição para a paz, com verdade, justiça, reparação e não repetição.

Fonte: Gab Cmt Ex