No Rio de Janeiro, cerimônia recorda epopeia da Força Expedicionária Brasileira em solo italiano

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 23 fev 2019
Crédito: Sd Paulo Victor

Rio de Janeiro (RJ) – Em 21 de fevereiro, os integrantes do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial (MNMSGM), realizaram uma solenidade comemorativa aos 74 anos da Tomada de Monte Castelo, recordando a epopeia da Força Expedicionária Brasileira (FEB) em solo italiano.

A atividade ocorreu no Mausoléu do Monumento, onde estão sepultados os 466 heróis que tombaram nos campos de batalha na Itália durante a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Deste total, 95 militares faleceram durante a Tomada de Monte Castelo.

A solenidade constou da execução do toque de silêncio; toque de presença de ex-combatente; execução do canto do Hino Nacional e aposição floral nos túmulos.

A solenidade foi presidida pelo General de Divisão Riyuzo Ikeda, Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEX); acompanhado do General de Divisão João Batista Bezerra Leonel Filho, Diretor de Ensino Superior Militar (DESMIL); do General de Divisão Flavio Marcus Lancia Barbosa, Diretor de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA); do General de Brigada Vinicius Vieira Martinelli, Diretor de Ensino Técnico Militar (DETMIL); do General de Brigada Carlos Machado Silva, Adido do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEX); do General de Brigada Tales Areco Vilella; Diretor de Fabricação; do Coronel Franz Rommel França do Nascimento, Diretor do MNMSGM e demais Oficiais convidados.

Destacamos a presença dos Veteranos Amerino Raposo Filho, Nelson Moreira Botelho e Israel Rosenthal, além de representação do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de Janeiro (CPOR/RJ), composta de alunos recém-incorporados e um grupamento de estandartes das organizações militares que participaram dos combates em Monte Castelo.

Fonte: MNMSGM