Canção do Expedicionário encerra homenagens a ex-combatentes em solenidade no Comando Militar do Oeste

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 23 fev 2019
Crédito: Sd Fuzaro e Sd P. Lopes

Campo Grande (MS) – "É uma grande data comemorativa, me sinto emocionado até hoje", disse o ex-combatente, Sr Agostinho Gonçalves da Mota, convidado de honra do Comando Militar do Oeste (CMO) para a solenidade militar alusiva ao 74º aniversário da Tomada de Monte Castelo (Itália). O integrante da Força Expedicionário Brasileira, junto com militares e convidados, relembrou, na formatura dessa quinta-feira, 21 de fevereiro, no Forte do CMO, o feito heroico dos soldados brasileiros que lutaram durante a Segunda Guerra Mundial no combate às forças do Eixo, na batalha mais emblemática daquele palco de guerra.

Durante a solenidade, o Sr Agostinho, Presidente da Associação Nacional dos Veteranos da FEB em Mato Grosso do Sul, foi homenageado, em nome de todos os ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira. “A nossa gratidão pelo que os senhores fizeram há mais de 70 anos, atravessando o Atlântico rumo ao desconhecido, carregando no peito a certeza de que todos nós, militares, temos: a defesa da paz, da democracia, dos principais valores da nossa Instituição. Carregamos esse exemplo, aqui representado pelo Senhor Agostinho”, agradeceu o Chefe do Estado-Maior do CMO, General de Brigada Giovany Carrião de Freitas.

"Por mais terras que eu percorra, não permita Deus que eu morra; sem que volte para lá; sem que leve por divisa esse "V" que simboliza a vitória que virá". Foi assim, com a Canção do Expedicionário, que se encerraram as homenagens desse dia de vitória àqueles que, com sacrifício, bravura e glória, souberam defender a honra da Pátria e os ideais de liberdade e democracia.



Fonte:CMO

Crédito: Sd Fuzaro e Sd P. Lopes