Ministro da Ciência e Tecnologia abre ano acadêmico do Instituto Militar de Engenharia com aula inaugural

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 15 fev 2019
Crédito: Ten Francilene e Cb Barros

Rio de Janeiro (RJ) – Tradicionalmente, o Instituto Militar de Engenharia (IME) convida personalidades de reconhecida reputação para compartilhar seus conhecimentos e inspirar as futuras gerações de Engenheiros Militares. Assim sendo, na manhã de 11 de fevereiro, foi a vez do astronauta Marcos Cesar Pontes, Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que ministrou a aula inaugural para os alunos e professores do Instituto, apresentando sua vasta experiência profissional e demonstrando a importância da determinação na construção de uma promissora carreira.

Discursando sobre o tema “Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para o desenvolvimento do Brasil: Como inovar para a sustentabilidade”, o ilustre palestrante ressaltou a importância dos investimentos no desenvolvimento tecnológico, a fim de fortalecer a soberania nacional em áreas fundamentais para o futuro do País.

O evento contou com a maciça presença de autoridades civis e militares, dentre as quais se destacam o General de Exército Jorge Armando Félix, antigo Ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; o Senador Arolde de Oliveira; os antigos integrantes do Alto-Comando do Exército, Generais de Exército Licínio Nunes de Miranda FilhoLuiz Gonzaga Schroeder Lessa, Sergio Ernerto Alves ConfortoRenato César Tibau da Costa, Raymundo Nonato de Cerqueira Filho Renato Joaquim Ferrarezi; o General de Divisão Glaúcio Lucas Alves, Chefe interino do Departamento de Ciência e Tecnologia; o General de Divisão Hildo Vieira Prado Filho, Comandante do IME; o General de Divisão Luis Henrique de Andrade, futuro Comandante do IME; e o Subtenente Eduardo Duarte Oazem, Adjunto de Comando do IME.

Atualmente, o IME conta com 495 alunos de graduação e 398 de pós-graduação (mestrado e doutorado), em processo de qualificação para atender às crescentes necessidades do Exército e do Brasil em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). A cada atividade acadêmica, a começar pela aula inaugural, o IME ratifica o seu indelegável compromisso em defesa da soberania nacional.

Fonte: IME, DCT


Crédito: Ten Francilene e Cb Barros