Da caserna ao sonho profissional: após serviço militar, soldado de Campo Grande tem história de sucesso

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 15 jan 2019
Crédito: Sgt Paulo Henrique

Campo Grande (MS) – O ano era 2009, Willian Henrique de Souza trocava a roupa civil pela farda e, assim, começava uma nova jornada: ser soldado do Exército Brasileiro. Naqueles primeiros anos de caserna, ainda sem experiência profissional, só pensava em vencer na vida, marcar seu nome entre os melhores profissionais da área que escolheria.

Para a surpresa do jovem militar do Comando Militar do Oeste (CMO), dentro do quartel, teve as melhores oportunidades que o influenciariam positivamente no futuro. Por meio do Projeto Soldado Cidadão, qualificou-se ao longo dos anos em diversas áreas, desde informática até cozinha, na qual descobriu uma paixão: a arte de servir.

O tempo foi passando, o número de cursos foi aumentando e a responsabilidade também. O resultado de tanto esforço não poderia ser diferente. Willian Henrique trocou a farda camuflada pela farda preta e branca, poucos meses depois de se despedir da rotina militar. “Eu ficava pensando o que iria fazer após esse período dentro do Exército. Quando voltei para a vida civil, as oportunidades foram aparecendo. Os cursos que tive a oportunidade de fazer durante esse tempo no CMO pesaram no meu currículo e as portas foram se abrindo para mim”, comemorou.

Um dos cursos que fez ainda no CMO, oferecido por intermédio do Acordo de Cooperação entre CMO e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), rendeu um futuro de sucesso para Willian Henrique. Formação de Garçom, essa foi a especialidade adquirida. Vaga dentro do próprio restaurante do Senac-MS, essa foi a oportunidade que ele agarrou com todas as forças. E assim, hoje, o jovem que, uma década atrás, entrava para o Exército com o sonho de ser um bom profissional no futuro, comemora um ano de emprego fixo e reconhecimento.

“Sou totalmente grato ao Exército, pois tudo que sou hoje devo a essa Instituição. Estou muito feliz, totalmente realizado como profissional,” finalizou o garçom do Restaurante Senac, que tem no sangue o amor pela profissão e o orgulho de bem servir.

Fonte: CMO


Crédito: Sgt Paulo Henrique