Em Criciúma, Sul do País, 65 jovens retornam à vida civil e passam a integrar o contingente de reservistas

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 16 jan 2019
Crédito: 5ª Seção e Sr Angelin Denoni

Criciúma (SC) – O 28º Grupo de Artilharia de Campanha (28º GAC), Grupo Severiano Martins da Fonseca, realizou, no dia 11 de janeiro de 2019, no Pátio Presidente Médici, a formatura de licenciamento da 1ª turma do grupamento de soldados do efetivo variável incorporados no ano de 2018, a qual foi prestigiada por um número significativo de familiares.

Na ocasião, após quase um ano de adestramento militar e aprendizado sobre cidadania e dedicação ao País, 65 jovens retornaram à vida civil com o sentimento do dever cumprido e passaram a integrar o contingente de reservistas, fundamental para a defesa da Pátria.

Os jovens que cumpriram o serviço militar iniciaram, após a seleção e incorporação, um período de ensinamentos que influenciaram para o crescimento físico e mental de cada um deles.

O 28º GAC e o Exército Brasileiro, gratos por tudo que fizeram, sabem que perdem valiosos recursos humanos com o licenciamento desses jovens, porém a Pátria Brasileira ganha, pois está recebendo homens bem preparados, com espírito cívico, mais solidários, mais fortes e mais patriotas, prontos para continuar servindo ao País qualquer que seja a sua atividade, desde que lícita e realizada observando a dignidade da pessoa humana.

 

O serviço militar

Conforme o previsto na Lei 4.375, de 17 de agosto de 1964, o serviço militar consiste em exercícios de atividades específicas desempenhadas nas Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica – e compreenderá, na mobilização, todos os encargos relacionados com a defesa nacional. A obrigação com o serviço militar se estende a todos os brasileiros do sexo masculino, em tempo de paz, desde 1º de janeiro do ano que completarem 18 anos de idade até 31 de dezembro do ano que completarem 45 anos.

Fonte: 28º GAC


Crédito: 5ª Seção e Sr Angelin Denoni