Com término das atividades do Comando Conjunto, militares que atuaram nas ações de GLO são homenageados

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 02 jan 2019
Crédito: Sd R. Menezes

Rio de Janeiro (RJ) – Na manhã de 28 de dezembro, foi realizada, na Vila Militar, a cerimônia que encerrou as atividades do Comando Conjunto, quando militares das Forcas Armadas que participaram das Operações de Garantia da Lei e da Ordem foram homenageados. Essas operações estão vigentes desde o decreto presidencial de 28 de julho de 2017 e foram prorrogadas em 2018.

A solenidade reuniu cerca de 3 mil militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira (FAB), além de mais de 200 veículos e equipamentos utilizados. Todos os militares em forma e meios reunidos representaram apenas 20% de todo o pessoal e meios empregados nas operações. Ao todo, o Comando Conjunto empregou mais de 18 mil militares e mil viaturas e equipamentos.

Durante a solenidade, a tropa e as autoridades militares e do Ministério Público Militar ouviram as palavras de agradecimento do Interventor Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro e Comandante Militar do Leste, General de Exército Walter Souza Braga Netto, que destacou a postura exemplar e o espírito de cumprimento de missão da tropa em todas as operações.

O Comando Conjunto, que encerrou oficialmente suas atividades no dia 31 de dezembro de 2018, buscou reduzir os índices de criminalidade e aumentar a percepção de segurança da população fluminense, seguindo os objetivos estratégicos estabelecidos pela Intervenção Federal. Os resultados tangíveis demonstram que os objetivos principais foram alcançados e o conjunto das ações realizadas nesse período vai deixar um legado para a segurança pública do Rio de Janeiro.

A 1ª Divisão de Exército (1ª DE), comandada pelo General de Divisão Antonio Manoel de Barros, foi o cerne do Comando Conjunto, que recebeu, além da tropas da 1ª DE, militares da 2ª Divisão de Exército; do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais; do Grupamento de Apoio do Galeão; da ALA 12 (FAB); da Brigada de Infantaria Paraquedista; do Comando de Aviação do Exército; da 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel); da 11ª Brigada de Infantaria Leve; da 4ª Região Militar; e meios logísticos da 1ª Região Militar. Ombrearam, também, no Comando Conjunto integrantes da Polícia Militar e da Civil do Estado do Rio de Janeiro, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, da Guarda Municipal do Rio de Janeiro e da Agência Brasileira de Inteligência.

Mais uma vez, o lema da 1ª DE, “Fazendo história! Vencendo desafios!”, se confirmou.

Fonte: CML


Crédito: Sd R. Menezes