20ª edição do Prêmio Brasil Olímpico homenageia melhores atletas de 2018, incluindo militares do Exército

${the_title} - ${company_name}

Rio de Janeiro (RJ) – Na noite de 18 de dezembro, foi realizada a 20ª edição do Prêmio Brasil Olímpico (PBO). Organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) no Teatro Bradesco, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, a cerimônia homenageou os melhores atletas de 2018.

Isaquias Queiroz e Ana Marcela Cunha conquistaram o prêmio de Melhores do Ano. O ciclista Henrique Avancini foi condecorado, por meio de votação na internet, com o prêmio de "Atleta da Galera". Esses foram alguns dos nomes aclamados durante o 20º Prêmio Brasil Olímpico (PBO), que condecorou as personalidades do esporte nacional de 2018 em 51 modalidades olímpicas.

A solenidade começou com a inauguração do Hall da Fama do COB, um espaço reservado para homenagear personagens que contribuíram de maneira marcante com o esporte olímpico brasileiro, promovendo o olimpismo e inspirando novas gerações. Os primeiros a deixarem as suas mãos marcadas no local foram Torben Grael, da Vela, maior medalhista olímpico do Brasil; a dupla Sandra Pires e Jackie Silva, do Vôlei de Praia, primeiras brasileiras a ganharem ouro nos Jogos; e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo), único brasileiro a receber a medalha Pierre de Coubertin, maior honraria do Comitê Olímpico Internacional. 

O ponto alto da noite ficou com a entrega do Troféu Adhemar Ferreira da Silva para Jackie Silva, do vôlei de praia, primeira medalhista olímpica do esporte feminino brasileiro, com o ouro nos Jogos de Atlanta em 1996. Renan Dal Zotto, comandante da seleção masculina de vôlei vice-campeã mundial na temporada, e Fernando Possenti, técnico da nadadora Ana Marcela Cunha, ouro na Copa do Mundo de Maratona Aquática em 2018, conquistaram o Troféu Melhores Técnicos do Ano.

Também marcaram presença na premiação o Diretor do Departamento de Desporto Militar (DDM), General de Divisão Jorge Antônio Smicelato, e o Presidente da Comissão de Desportos do Exército (CDE) e Chefe do Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), General de Brigada André Luiz Ribeiro Campos Allão.

 

Abaixo, segue lista com todos os premiados de 2018: 

Atletismo: Darlan Romani

Badminton: Ygor Coelho

Basquete: Yago Mateus

Basquete 3×3: Luiz Felipe Soriani

Beisebol: Felipe Burin

Boxe: Beatriz Ferreira

Canoagem Slalom: Ana Sátila

Canoagem Velocidade: Isaquias Queiroz

Ciclismo BMX (Freestyle): Leandro Neto

Ciclismo BMX (Racing): Anderson Ezequiel de Souza Filho (Andinho)

Ciclismo Estrada: Vinicius Rangel Costa

Ciclismo Mountain Bike: Henrique Avancini

Ciclismo Pista: Kacio Fonseca da Silva Freitas

Desportos na Neve: Jaqueline Mourão

Desportos no Gelo: Isadora Williams

Escalada Esportiva: Thais Makino Shiraiwa

Esgrima: Alexandre Camargo

Futebol: Marta Silva

Ginástica Artística: Arthur Zanetti

Ginástica Trampolim: Camilla Gomes

Ginástica Rítmica: Natália Gaudio

Golfe: Luiza Altmann

Handebol: Eduarda Amorim

Hipismo adestramento: João Victor Oliva

Hipismo CCE: Márcio Carvalho Jorge

Hipismo saltos: Pedro Veniss

Hóquei sobre grama: Rodrigo Faustino

Judô: Érika Miranda

Karatê: Vinicius Figueira

Levantamento de pesos: Fernando Saraiva Reis

Maratona Aquática: Ana Marcela Cunha

Nado Artístico: Maria Clara Lobo

Natação: Revezamento (Pedro Spajari, Gabriel Santos/Marcelo Chierighini e Marco Antonio Ferreira Junior)

Pentatlo moderno: Maria Iêda Guimarães

Polo Aquático: Gustavo Guimarães

Remo: Uncas Tales Batista

Rugby: Bianca dos Santos Silva

Saltos Ornamentais: Ingrid de Oliveira

Skate: Pedro Barros

Softbol: Fernanda Ayumi Missaki

Surfe: Gabriel Medina

Taekwondo: Edival Pontes (Netinho)

Tênis: Marcelo Melo

Tênis de mesa: Hugo Calderano

Tiro com arco: Marcus Vinícius D´Almeida

Tiro esportivo: Julio Almeida

Triatlo: Manoel Messias

Vela: Martine Grael e Kahena Kunze

Vôlei: Douglas Souza

Vôlei de praia: Agatha Bednarczuk Duda Lisboa

 

Campeões dos Jogos Escolares:

12 a 14 anos: Giulia Takahashi, do tênis de mesa, e Luan Gomes, da natação

15 a 17 anos: Thayane Lemos, do judô, e João Paulo Silva, da natação.

 

Fonte: CCFEx e COB