Logística do Exército Brasileiro realiza o ressuprimento na Região Sul do País com produtos de defesa

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 13 dez 2018
Crédito: Sd Amaral

Rio de Janeiro (RJ) – A Base de Apoio Logístico do Exército (BaApLogEx), por meio do Estabelecimento Central de Transportes (ECT), iniciou, no dia 28 de novembro de 2018, a execução da missão de transporte de suprimento de diversas classes para a 5ª Região Militar e 3ª Região Militar (que formam o "Eixo Sul"), apoiado na BR 116 (Eixo Principal de Suprimento – EPS), que interligam os Estados do Rio de Janeiro (RJ) e do Rio Grande do Sul (RS).

Esse eixo está apoiando, também, a Operação Acolhida, recolhendo doações de materiais no eixo de suprimento que serão enviados à Força-Tarefa Logística Humanitária, a fim de distribuir tais itens aos imigrantes oriundos da Venezuela que estão nos abrigos em Boa Vista e Pacaraima (em Roraima).

A missão é apoiada por algumas organizações militares, como o 21º D Sup, 5º B Log, 63º BI e 3º BSup, provendo o bem-estar, com alimentação e alojamento, aos integrantes do comboio que percorrem cerca de 3.500 km, permanecendo em operação militar por cerca de 12 dias ininterruptos. A atividade está sendo planejada, monitorada e controlada pelo Sistema de Gerenciamento de Transporte do Exército Brasileiro, implementado pelo Comando Logístico.

A logística atual necessita estar acompanhada da tecnologia com objetivo de tornar as suas atividades, como o Transporte, mais operacionais, eficientes, eficazes e seguras, controlando e mitigando os riscos. A missão de transporte do Eixo Sul coloca em prática a nova logística imposta e demandada pelo Exército Brasileiro, buscando a criação de uma capacidade adequada (módulo logístico) com o uso de tecnologia de ponta.



Fonte:ECT

Crédito: Sd Amaral