Curso de Altos Estudos em Defesa encerra atividades de 2018 e forma 60 oficiais das Forças Armadas e civis

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 dez 2018
Crédito: S Ten Edmilson

Brasília (DF) – O Campus de Brasília da Escola Superior de Guerra promoveu, no dia 7 de dezembro, a cerimônia de diplomação e encerramento da primeira edição de seu primeiro Curso de Altos Estudos em Defesa (CAED). Participaram do curso 60 estagiários, sendo 32 oficiais superiores das Forças Armadas e 28 civis da alta administração pública e privada.

A abertura do evento foi realizada pelo Ministro da Defesa, General de Exército Joaquim Silva e Luna. Além do Ministro, compuseram a mesa de honra da cerimônia o Comandante e Diretor de Estudos da Escola Superior de Guerra (ESG), General de Exército Décio Luís Schons, o Comandante do Campus Brasília da ESG, General de Brigada Wilson Mendes Lauria, e o Diretor do Curso de Altos Estudos em Defesa, Brigadeiro do Ar Antônio Carlos Alves Coutinho.

O Juiz Federal do Trabalho, Maximiliano Pereira de Carvalho, do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, foi o orador da turma "Pioneiros do Planalto Central" e destacou a integração construída pelos estagiários, oriundos de diversas áreas do conhecimento. 

Os estagiários passaram por 38 semanas de curso. Nesse período, desenvolveram competências no campo da defesa nacional para a formulação de políticas e estratégias para o desenvolvimento e aplicação do poder nacional. No final da cerimônia, os diplomandos ofereceram à ESG uma pintura de autoria do Coronel Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia. A obra é um retrato do Marechal José Pessoa Cavalcanti Albuquerque, patrono da turma.

O Comandante da ESG afirmou que a turma ficará marcada não apenas por ser a primeira do CAED no Campus Brasília, mas pelo comportamento exemplar de todos, no convívio com os colegas, com os integrantes da Escola e nas visitas realizadas. "Nesses meses de aprendizado contínuo, no contato constante entre civis representantes das diversas agências do poder público, militares das três Forças, dos órgãos de segurança pública, temos como resultado uma turma de 'esguianos' dotada de mentalidade transformadora e disposta a trabalhar de forma decisiva para o engrandecimento da nossa Nação", destacou.

Já o Ministro da Defesa ressaltou que, desde sua criação, em 1949, a ESG estuda o Brasil, nos níveis político e estratégico, tendo como farol acadêmico os temas da segurança, desenvolvimento e defesa. A Escola já diplomou mais de 8 mil pessoas, inclusive Presidentes da República e Ministros de Estado. "Este é um momento importante da vida nacional. Uma mudança de Governo sempre apresenta oportunidades. A Escola Superior de Guerra, como instituição do Estado brasileiro, atenta à necessidade de melhoria contínua, acompanha a conjuntura para contribuir, de forma eficaz com a construção do grande Brasil que todos enxergamos", acrescentou o Gen Silva e Luna, parabenizando os concludentes do curso.

 

 

Fonte: Agência Verde-Oliva