Dia do Marinheiro no Museu do Expedicionário, em Curitiba

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 dez 2018
Crédito: Tenente Lino

Curitiba (PR) – O Museu do Expedicionário realizou, no dia 8 de dezembro, a sua ultima grande atividade do ano, intitulada o “Dia do Marinheiro”.

A atividade, organizada pela Legião Paranaense do Expedicionário e pela Brigada Paranaense de Viaturas Militares Antigas (BPVMA) e pelo Museu do Expedicionário, contou com o apoio e participação de diversas entidades, dentre elas: 5ª Região Militar (5ª RM), Marinha do Brasil, 20º Batalhão de Policia Militar, Empresa Force Vigilância, 15º GAC AP, Justiça Federal no Paraná, Secretaria Estadual da Cultura do paraná, RPC - TV, Almanaque Militar, Grupo de Reencenação Histórica OverlordDemon Hunters Airsoft, Editora HarperCollins Brasil.

 

Pontos marcantes do Evento:

Duranteo evento, a Justiça Federal do Paraná realizou uma exposição comemorativas ao Dia da Justiça e nela foi apresentada a linha do tempo do processo na Justiça Federal: do bico da pena ao processo virtual. A participação fundamental dos Expedicionários da Força Expedicionária brasileira (FEB) na reinstalação da Justiça Federal do Paraná, em 1967.

Ocorreu, ainda, uma palestra com João Barone, da Banda Paralamas do Sucesso, filho de expedicionário e autor do livro “1942: O Brasil e a sua guerra quase desconhecida”. Na sequência, houve o encontro do Expedicionário Flávio Costa com o Italiano Giovanni Sulla, cena de muita emoção para ambos, que acabou contagiando quem estava próximo. Foi o encontro do eterno herói com o soldado de hoje que teve a oportunidade de reverenciar aquele que arriscou sua vida pela liberdade de todos.

 

Fonte: 5ª RM


Crédito: Tenente Lino