Viagem de Estudos Estratégicos ao Comando Militar da Amazônia

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 29 nov 2018

Brasília (DF) – Entre os dias 20 e 23 de novembro, o Núcleo de Estudos Prospectivos do Centro de Estudos Estratégicos do Exército (NEP/CEEEx) realizou uma Viagem de Estudos Estratégicos ao Comando Militar da Amazônia (CMA), nas cidades de Manaus, Boa Vista e Pacaraima.

Participaram das atividades o Cel Valério Luiz Lange (Ch CEEEx), Cel Francisco Sartorio Estoducto (Ch NEP/ CEEEx), TC Oscar Medeiros Filho (Coordenador de Pesquisa NEP), Prof. MSc. Raphael Camargo Lima (Pesquisador Adjunto do CEEEx), Prof. Dr. Augusto Teixeira Jr. (CEEEx/ UFPB) e Prof. Dr. Fernando Rodrigues (CEEEx/ Universo).

A viagem teve como objetivos conhecer as organizações militares da Região, promover os estudos estratégicos realizados pelo NEP/ CEEEx a partir da realização de um Workshop e conhecer as atividades no âmbito da Operação Acolhida.

No dia 20, a comitiva do CEEEx foi recebida pelo Gen Ex César Augusto Nardi de Souza, Comandante Militar da Amazônia  e pelo Gen Bda Edson Skora Rosty, Ch EM CMA, que apresentou uma palestra sobre a missão do CMA e os principais desafios para o desenvolvimento e a segurança daquela importante região do País. Em seguida, a comitiva conheceu as instalações do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS).

No dia seguinte, os pesquisadores apresentaram seus trabalhos durante o “Workshop: A Geopolítica da Amazônia Brasileira”. Na ocasião, o Prof. Fernando Rodrigues abordou sobre as fronteiras como o desafio histórico do Exército Brasileiro; o TC Oscar Filho e o Prof. Raphael Lima trataram das instabilidades no arco norte da América do Sul;  e, por fim, o Prof. Augusto Teixeira analisou a importância da Amazônia no tabuleiro internacional.

No mesmo dia, a comitiva realizou uma reunião com o Secretário de Estado do Planejamento, Recursos Naturais, Inovação e Tecnologia do Amazonas, Dr. João Orestes Schneider Santos. Na ocasião, o secretário tratou de temas sobre a realidade contemporânea dos recursos naturais e os obstáculos ao crescimento econômico da região.

Por fim, nos dias 22 e 23, a comitiva teve a oportunidade de conhecer in loco as atividades da Operação Acolhida, cuja missão é realizar o acolhimento e a assistência emergencial de imigrantes provenientes da Venezuela. Desse modo, os pesquisadores puderam acompanhar as atividades da Força-Tarefa Logística Humanitária em Roraima, visitando os sítios da operação em Boa Vista e Pacaraima. Também tiveram a oportunidade de conhecer as instalações do 3° Pelotão Especial de Fronteira, localizado na fronteira do Brasil com a Venezuela.

Fonte: CEEEx