Salva de tiros e entoação de Fibra de Herói compuseram solenidade em São Paulo pelos falecidos na Intentona

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 27 nov 2018
Crédito: Sd Artoni, Sd Fontes, Sd Leme e Sd Ramos

São Paulo (SP) – O Comando Militar do Sudeste (CMSE) realizou, no dia 27 de novembro, uma solenidade em memória ao que faleceram durante a Intentona Comunista, luta fratricida que ocorreu nas cidades de Natal (RN), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ), em 1935.

A cerimônia ocorreu na Base de Administração e Apoio do Ibirapuera, em São Paulo (SP), e foi presidida pelo Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

O Curso de Artilharia do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São Paulo (CPOR/SP) realizou uma salva de oito tiros de obuseiro, e a tropa, composta pela Marinha do Brasil, pelo Exército Brasileiro, pela Força Aérea Brasileira e pela Polícia Militar do Estado de São Paulo, entoou a canção Fibra de Herói.

Estiveram presentes na formatura o General de Divisão Adalmir Manoel Domingos, Comandante da 2ª Região Militar; o General de Divisão Marco Antônio Tilscher Saraiva, antigo Comandante da 2ª Divisão de Exército; o General de Divisão Antonino dos Santos Guerra Neto, antigo Comandante da 2ª Região Militar; outros oficiais-generais da ativa e da reserva; o Brigadeiro do Ar Ivo de Almeida Prado Xavier, Vice-Presidente do Círculo Militar de São Paulo; o Secretário da Segurança Pública de São Paulo, Dr Mágino Alves Barbosa Filho; o Coronel PM Marcelo Vieira Salles, Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo; e o Coronel PM Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, Deputado Estadual.

Fonte: CMSE


Crédito: Sd Artoni, Sd Fontes, Sd Leme e Sd Ramos