Ressuprimento Fluvial na Faixa de Fronteira da Amazônia Ocidental

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 24 out 2018
Crédito: 1º Sgt Eltonjones

Tefé (AM) – No dia 23 de outubro, o módulo logístico da 16ª Base Logística (16ª Ba Log) retornou para Tefé, após cumprir, a missão de ressuprimento logístico fluvial para tropas e embarcações da 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl) em operações na faixa de fronteira.

As tropas da Brigada das Missões foram desdobradas inicialmente no município de Japurá (AM), distante cerca de 500 quilômetros de Tefé, via fluvial, para Garantia de Votação e Apuração (GVA) no 1º turno das eleições, além de estabelecer Postos de Bloqueios Fluviais com o objetivo de combater a compra de votos e o transporte ilegal de eleitores.

Posteriormente as tropas foram deslocadas para a fronteira com a Colômbia a fim de patrulhar as calhas dos principais rios com o objetivo de combater o tráfico de drogas e o garimpo ilegal de ouro na faixa de fronteira.

A missão será finalizada coma a Garantia de Votação e Apuração (GVA) no 2º turno das eleições.

O excesso de operações desencadeadas levou ao ponto culminante logístico, surgindo a necessidade de ressuprimento de água potável (Classe I) e combustíveis (Classe III) para as operações das voadeiras e lanchas Guardian.

Nesse sentido, a 16ª Base Logística, que tem por missão executar a logística operacional da 16ª Bda Inf Sl nas Funções Logísticas Suprimento, Manutenção e Transporte, desencadeou a operação de ressuprimento fluvial, obtendo êxito quando os Ferry Boat Marechal Bitencourt e o Ten Cohen se encontraram no dia 17 de outubro na calha do Rio Japurá, há 850 quilômetros via fluvial de Tefé.



Fonte:16ª Ba Log

Crédito: 1º Sgt Eltonjones