Foi dada a largada: escolas preparatórias de formação de oficiais iniciam competição desportiva na EsPCEx

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 17 set 2018
Crédito: Fotos: Cap Nascimento, Al Bocato e BEKAS Formatura

Campinas (SP) – No dia 15 de setembro, foi dada a largada à 50ª NAE. Formada pela abreviatura de Naval, Exército e Aeronáutica, a NAE é a principal competição esportiva entre as escolas preparatórias de formação de oficiais das Forças Armadas: o Colégio Naval (CN), a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) e a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr). Neste ano, a disputa esportiva chega aos seus 50 anos e está sendo realizada na EsPCEx entre os dias 15 e 21 de setembro.

A cerimônia de abertura dos jogos ocorreu no dia 15 de setembro, com a apresentação das delegações das Escolas e o tradicional acendimento da pira olímpica, no Estádio da Fonte, na EsPCEx. Na sequência, a equipe de Salto Livre do Exército Brasileiro, formada por militares da Brigada de Infantaria Paraquedista, emocionou aos presentes, realizando o salto e aterrissando no campo de futebol do Estádio da Fonte. Logo após a solenidade de abertura dos jogos, teve início a competição de atletismo. A competição é aberta ao público e foi prestigiada por autoridades do Estado-Maior das Forças Armadas.

Todos os atletas são alunos das escolas e têm idades entre 17 e 22 anos. Apesar da intensa preparação durante o ano, a competição acontece em um clima de camaradagem e lealdade. Serão disputadas 11 modalidades esportivas. Além de esportes tradicionais como o futebol, o vôlei, o basquete, a natação, o judô, o atletismo e o xadrez, os atletas disputam outras provas mais comuns no meio militar como a esgrima, a orientação, o triatlo militar e o tiro esportivo. O objetivo da competição é desenvolver a integração entre os alunos das três Forças, estimular o gosto pelo esporte e cooperar com a formação do espírito de corpo.

Os jogos são de responsabilidade da Comissão Desportiva Militar do Brasil, vinculada ao Ministério da Defesa, e, a cada ano, as três escolas participantes fazem o revezamento da sede.

Há 50 anos, a competição faz parte do calendário educacional das Escolas e a EsPCEx tem a honra de sediar a quinquagésima edição.

 

 

Atrações desta edição

Como inovação, a 50ª NAE contará com a participação das alunas em algumas provas (atletismo, natação e orientação), representando a força e garra do sexo feminino. Outro momento de muita emoção será, na semana em que se comemora o dia do atleta paralímpico.

Marcus William das Graças Leite, o “Peixinho”, nascido em 27 de julho de 2003, na cidade de Três Corações (MG), com uma deficiência física (ausência dos membros inferiores e de um membro superior), fará uma demonstração de superação nadando em vários estilos para os presentes, no intervalo de uma das provas do evento. Como atleta, ele vem se destacando nas competições de natação realizadas no Sul de Minas Gerais e no Estado de São Paulo. Atualmente, possui 62 medalhas, sendo 11 de prata, 13 de bronze e 38 de ouro nas competições em que participou.

Outra novidade é que, por meio de um aplicativo disponível para aparelhos dos sistemas Android e IOS, o público poderá acompanhar a programação, os resultados dos jogos, os recordes da competição e as matérias produzidas, tudo de forma rápida e ao alcance das mãos. A cobertura dos jogos e as postagens no app serão realizadas pelos próprios alunos da EsPCEx.

Como atração cultural, a organização do evento preparou uma apresentação musical do artista Zeca Lima, e também algumas músicas apresentadas por uma banda formada pelos Alunos da ESPCEx, que ocorrerão no Teatro Castello Branco da Escola. O cantor e violinista foi um dos fundadores da Família Lima e deixou o grupo gaúcho em março deste ano. Os interessados em assistir à apresentação devem entrar em contato com a Comunicação Social da EsPCEx.

 



Fonte:espcex

Crédito: Fotos: Cap Nascimento, Al Bocato e BEKAS Formatura