Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Nacional do Uruguai visita Unidades de Santa Maria (RS)

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 set 2018
Crédito: Sd Marques

Santa Maria (RS) – No dia 10 de setembro, com o objetivo principal de realizar intercâmbio de experiências e conhecimentos entre os Exércitos do Brasil e do Uruguai, uma delegação da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Nacional do Uruguai visitou diversas organizações militares sediadas na Capital dos Blindados.

A delegação, chefiada pelo Comandante da Escola, Coronel Eduardo Balbi, esteve composta por quatro instrutores, dos quais, dois uruguaios, um argentino e o Tenente-Coronel Leriche Albuquerque, do Exército Brasileiro; além de 23 alunos, sendo, 20 uruguaios, um argentino, um peruano, e o Major Alexandre Gallego, do Brasil. Dentre os alunos do Exército Uruguaio, ressalta-se a presença de duas oficiais do segmento feminino.

A viagem, definida na reunião bilateral entre os Estados-Maiores do Exércitos do Brasil e do Uruguai em 2017, teve por finalidade conhecer as organizações militares, a doutrina e o material de emprego militar utilizado pelo Exército Brasileiro no Comando Militar do Sul.

Ao visitaram o Centro de Adestramento – Sul, verificaram como o Centro desenvolve e aplica as diversas simulações e os trabalhos realizados pela organização militar no Projeto de modernização do Exército.

No 29º Batalhão de Infantaria Blindado, Unidade Militar vocacionada para a defesa externa, conheceram seus armamentos orgânicos e os principais materiais de emprego militar. Nesta mesma Unidade, visitaram também o Posto de Comando da Operação Guarani, exercício combinado que conta com a participação dos Exércitos do Brasil e da Argentina, e está transcorrendo nesta semana.

O pavilhão de manutenção e a seção de instrução de blindados foram o foco da visita ao 1º Regimento de Carros de Combate, onde, também conheceram o Pátio dos Blindados, que retrata a evolução dos Carros de Combate operados pelo Regimento durante seus 74 anos de existência.

Na visita ao Centro de Instrução de Blindados, conheceram os simuladores de combate e tiveram a oportunidade de travar contato com as atividades desenvolvidas na missão de especializar militares das Forças Armadas e de Nações Amigas na operação de meios blindados e mecanizados, entre eles, o Guarani, que está entre os principais projetos estratégicos do Exército, e no emprego tático de frações de mesma natureza até o nível subunidade. Ao final das visitas, a Comitiva foi recebida pelo Comandante da 3ª Divisão de Exército, General de Divisão Mauro Sinott Lopes.

A última visita, ocorreu no 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, Unidade símbolo da Arma de Artilharia, onde conheceram o Memorial Mallet, constituído de Museu Histórico, Mausoléu Carro Histórico "Duque de Caxias" e Museu a Céu Aberto, que apresenta, de forma elucidativa e cronológica, a história do Regimento Mallet e da Artilharia, através de fotos, objetos, materiais, armamentos, retratando a história brasileira a partir da Revolução Farroupilha, ocorrida em 1835.

“Além da oportunidade do conhecimento propriamente dito, a interação, as amizades, o relacionamento profissional e pessoal com os militares uruguaios e suas famílias agrega muitas coisas positivas que coadunam com a finalidade do respectivo intercambio” afirmou o TC Leriche, que exerce atualmente a função de Instrutor do Instituto Militar de Estudos Superiores, unidade que está enquadrada a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Nacional do Uruguai.

 

Oficiais brasileiros no Curso de Estado-Maior do Exército Nacional do Uruguai

Em 1976, foi o primeiro ano que um oficial do Exército Brasileiro realizou o Curso de Estado-Maior no Uruguai. O Major Alexandre Gallego que cursa atualmente, é o 30º. Dentre os concluintes, destaca-se o antigo Comandante da 3ª Divisão de Exército e Ex-Ministro do Superior Tribunal Militar, General de Exército Fernando Sérgio Galvão, que cursou em 1990.

No primeiro ano, o oficial realiza o curso, e no segundo, permanece como Instrutor. Como aluno, possuem a oportunidade de aprender e praticar a doutrina do Exército Uruguaio bem como estudar diversas matérias existentes no curso, tais como, geopolítica, logística, gerenciamento de projetos, estratégia, tática, estatística, comportamento organizacional, entre outras.



Fonte:3ª DE

Crédito: Sd Marques