Entre mais de 10 mil artigos inscritos, Biblioteca Digital do Exército é destaque em universidade da Espanha

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 27 jul 2018

Brasília (DF) – O Exército Brasileiro alçou posição de destaque no meio acadêmico ao participar do 56º Congresso Internacional de Americanistas (ICA 2018), realizado de 14 a 20 de julho, na Universidade de Salamanca. O evento comemorou os oito séculos de existência daquela instituição de ensino superior.

O Comando de Operações Terrestres (COTER), representado por uma comitiva do Centro de Doutrina do Exército, submeteu um trabalho sobre a Biblioteca Digital do Exército (BDEx) ao comitê organizador do ICA 2018, tendo sido selecionado para apresentação num universo de mais de 10 mil artigos de todo o mundo.

O artigo científico, de autoria do Coronel Isaías de Oliveira Filho, da Primeiro-Tenente QCO Ana Izabel Batista da Silva e da Segundo-Tenente OTT Priscylla Silva Araújo, versou sobre a BDEx como plataforma de apoio para a integração e difusão da produção científico-militar nas Américas e foi inserido no simpósio intitulado “Comunicações e Novas Tecnologias”, o que converteu a participação do Exército Brasileiro em uma oportunidade ímpar de divulgar um projeto da Força com alcance acadêmico de relevo.

A comitiva do Exército participou dos mais diversos temas sobre americanistas em discussão na universidade que foi o berço da gramática espanhola, assumindo visibilidade e reconhecimento perante renomados palestrantes do meio acadêmico. O intercâmbio de informações proporcionado ao Exército Brasileiro, no que tange à produção acadêmica e às novas formas de comunicação científica no mundo, possibilitou uma avaliação contundente do valor e do importante significado da iniciativa da Força Terrestre em trabalhar de forma integrada com a ciência da informação.

O Exército teve a oportunidade, também, de aquilatar sua receptividade perante outros públicos, quer acadêmicos ou não. Alguns universitários de Salamanca quiseram postar fotos com os militares brasileiros fardados e auxiliaram na distribuição de material promocional da BDEx por acreditarem ser algo inovador e positivo para aquele grupo de jovens.

A apresentação da BDEx para os integrantes do simpósio de Comunicação e Novas Tecnologias foi um evento de sucesso. Acadêmicos brasileiros e internacionais interagiram com os militares do Exército Brasileiro na busca de mais informações sobre as plataformas digitais de apoio à gestão do conhecimento divulgadas pelo Brasil. Junto à BDEx, foram apresentados os demais produtos que compõem o portfólio de apoio à gestão do conhecimento promovido pelo Exército: EB Revistas, EB Eventos e EBusca, plataformas digitais que interoperabilizam o acesso ao conhecimento científico.

A inquestionável visibilidade alcançada com a apresentação para um seleto grupo de profissionais do meio acadêmico é motivo de orgulho para o Exército e abre portas para novos oportunidades, quer seja na integração da Biblioteca Ibero-Americana de Defesa proposta pelo Ministério da Defesa da Espanha, onde o Brasil poderá ter papel de relevo, quer na possibilidade de participação no ICA 2021, haja vista a eleição da cidade de Foz do Iguaçu para sediar o próximo evento.