Futuros profissionais de saúde têm instrução contra agentes químicos, Biológicos, Radiológicos e Nucleares.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 20 jul 2018
Crédito: Sd Yago Souza

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 12 de julho de 2018, a Escola de Instrução Especializada (EsIE), Berço da Especialização no Exército, recebeu 94 alunos da Escola de Saúde do Exército, em atendimento ao Pedido de Cooperação de Instrução executado pela Divisão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) da EsIE.

Durante a atividade, os especialistas instruíram os docentes acerca da importância dos equipamentos de proteção, com ênfase na máscara de proteção contra agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares (QBRN). Na sequência, houve a prática dos procedimentos de emprego do material, tais como vedação e eliminação de contaminação.

Encerrando a jornada, foi realizado um exercício controlado na instalação de treinamento DQBRN, durante o qual os alunos tiveram a oportunidade de desenvolver o atributo da coragem, bem como a confiança no equipamento de proteção respiratória e testar a eficácia das técnicas utilizadas pelos especialistas.

Desse modo, esse Pedido de Cooperação de Instrução possibilitou a capacitar em defesa individual, mediante um ataque QBRN, de forma a habilitar a tropa orgânica nas atividades operativas de DQBRN vinculados ao Sistema dessa atividade em questão, do Exército Brasileiro, colimado com a modernização das técnicas, táticas e procedimentos ministrados, sendo coroado de êxito.



Fonte:EsIE

Crédito: Sd Yago Souza