Durante Operação 3 Luas, em Taubaté, ações da aviação com o uso de óculos de visão noturna são avaliadas.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 05 jul 2018
Mecânico de voo da aeronave HM-3 Cougar
Crédito: CAvEx

Taubaté (SP) – No período de 25 a 29 de junho, o Comando de Aviação do Exército (CAvEx) realizou a Operação 3 Luas na região do Vale do Paraíba, desdobrando, em campanha, seus meios aéreos na cidade de Taubaté.

Por meio de seu Estado-Maior, compondo a direção do exercício, o CAvEx contou com a eficiente participação do 1º e do 2º Batalhão de Aviação do Exército, com seus meios aéreos e equipes de voo e apoio; de instrutores do Centro de Instrução de Aviação do Exército; de equipe de manutenção do Batalhão de Manutenção e Suprimento de Aviação do Exército; da Companhia de Comunicações da Aviação do Exército instalando, para explorar e manter as comunicações; e da Base de Aviação do Exército, com o apoio necessário de aprovisionamento e serviço médico. No total, o esforço dispendido girou em torno de 220 militares empregados na operação.

O exercício de adestramento teve por objetivo avaliar as frações de helicópteros nas operações noturnas com o emprego de óculos de visão noturna (OVN). Dentre as diversas capacidades evidenciadas, destacaram-se: o voo em formação, o pouso de assalto, o voo com carga externa e operações com guincho, rapel fast rope através do sistema de oficinas.

A Operação 3 Luas desenvolveu-se em um ambiente de altíssimo nível de segurança e foi coroada de pleno êxito, mantendo o aprestamento e desenvolvendo o permanente estado de prontidão da Aviação do Exército, contribuindo para a operacionalidade da Força Terrestre.



Fonte:CAvEx

Mecânico de voo da aeronave HM-3 Cougar

Crédito: CAvEx