Juventude Garança das Araucárias rememora com entusiasmo as tradições da Artilharia brasileira: Mallet!

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 18 jun 2018

Curitiba (PR) – A juventude garança do Colégio Militar de Curitiba (CMC) comemorou com entusiasmo e vibração o transcurso do Dia da Artilharia. A programação contou com atividades no âmbito da guarnição e no Colégio, possibilitando aos discentes vivenciarem pouco a pouco os mistérios da Arma dos fogos largos, densos e profundos.

No dia 8 de junho, uma representação do Grêmio da Artilharia do CMC, composta de 31 discentes e 2 instrutores do Corpo de Alunos, participou da comemoração na guarnição de Curitiba, realizada pelo Comando da Artilharia Divisionária da 5ª DE (Cmdo AD/5) no aquartelamento do 5º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (5º GAC AP).

No prosseguimento, entre os dias 13 e 15 de junho, realizou-se exposição de material no interior do Colégio, mediante apoio do Cmdo AD/5, reunindo os meios orgânicos do 5º GAC AP (Curitiba/PR); 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (15º GAC AP), Lapa (PR); 26º Grupo de Artilharia de Campanha (26º GAC), Guarapuava (PR); 28º Grupo de Artilharia de Campanha (28º GAC), Criciúma (SC); e da 11ª Bateria de Artilharia Antiaérea (11ª Bia AAAe), Rio Negro (PR). Dessa forma, alunos, professores e membros da administração tiveram contato com os obuseiros 105mm M101, 105mm L118 Light Gun, 105 mm M108 AP, 155mm M109 AP e a Viatura Blindada de Combate (VBC) Gepard, além dos equipamentos de controle, observação e direção de tiro.

No dia 15 de junho, aconteceu a formatura geral do CMC alusiva ao Dia da Artilharia. O hasteamento do Pavilhão Nacional coube ao Cel R1 PTTC Ivan, Artilheiro da turma de 1979, a mais antiga no CMC. A Aluna Júlia Marques e os Alunos Mendes José Antônio, todos do Grêmio da Artilharia, conduziram a Bandeira até o mastro. O canto da Canção da Artilharia ecoou no Pátio Conselheiro Thomaz Coelho, na voz dos alunos, reforçada pelos artilheiros de duas subunidades do 5º GAC AP, seguido da saudação escolar do Sistema Colégio Militar do Brasil.

Substituindo a leitura alusiva à data, foi realizada demonstração sobre a história da Artilharia brasileira, contada desde os seus primórdios, passando pelo início do século XX com os canhões Schneider e Krupp e suas respectivas guarnições trajando uniformes históricos, até os dias atuais com os modernos obuseiros 105mm L118 Light Gun, 155mm M109 e a VBC Gepard.

A exaltação à história da Artilharia, a continência prestada aos pracinhas da Segunda Guerra Mundial e a potência de fogo, flexibilidade, rapidez e precisão da atualidade envolveu os presentes em verdadeiro espírito verde-oliva herdado desde os idos de Mallet, Salomão da Rocha, Setembrino de Carvalho, Sisson, Cordeiro de Farias e tantos outros insignes artilheiros ao ponto de a Professora Wally, servidora civil do CMC, expressar “em 20 anos de Colégio jamais vi algo assim”.

O resultado dessas iniciativas aplicadas nas datas magnas voltadas ao culto das raízes históricas castrenses fortalece o nosso pertencimento ao SCMB e o perene compromisso de seguir a sua proposta pedagógica de formar e educar as gerações Garança, hoje e sempre, segundo as tradições, os costumes e os valores do Exército Brasileiro.



Fonte:CMC