Receber a boina é o reconhecimento à austeridade, à dedicação e à vibração dos alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva e de recrutas do 4° Grupo de Artilharia de Campanha Leve.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 29 mai 2018

Juiz de Fora (MG) – No dia 25 de maio, os alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva e os soldados incorporados no corrente ano do 4° Grupo de Artilharia de Campanha Leve receberam a boina após realizarem o primeiro Exercício de Longa Duração e encerrado o Período Básico. A solenidade foi presidida pelo Comandante do Grupo e contou com a presença de familiares e amigos dos recipiendários.

Tradicionalmente, a entrega da boina no Exército Brasileiro materializa a conclusão do Período Básico da formação do militar, quando ele está apto para compor frações de combate, após ter superado difíceis semanas de treinamento e o Exercício de Longa Duração.

Receber a boina é o reconhecimento à austeridade, à dedicação e à vibração dos alunos e recrutas, demonstradas ao superarem as dificuldades das instruções e provarem ter a força de vontade, a rusticidade e o preparo físico necessários para serem verdadeiros combatentes. Simbolicamente a boina representa o verdadeiro "batismo" de um militar, quando o civil de antes agora é reconhecido como combatente básico do Exército Brasileiro. 



Fonte:4° GAC L