Curso de mediação rápida em conflitos, do Ministério dos Direitos Humanos, capacita militares do Exército em Roraima.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 23 mai 2018

Boa Vista (RR) – No dia 17 de maio, o Exército Brasileiro, por intermédio da 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl), “Brigada Lobo D’Almada”, em parceria com o Ministério dos Direitos Humanos, Ministério Extraordinário da Segurança Pública e a Secretaria Nacional de Promoção da Igualdade Racial, participou do curso de capacitação para mediação rápida de conflitos, no auditório do SEST/SENAT Roraima.

A ação faz parte do Plano Nacional de Segurança Pública e teve por objetivo capacitar agentes públicos na identificação e prevenção de situações de racismo institucional, intolerância religiosa e xenofobia em sua localidade. Na oportunidade, militares da 1ª Brigada de Infantaria de Selva responsáveis pela Operação Controle receberam a capacitação para melhor atender os imigrantes, favorecendo as políticas públicas de respeito aos direitos humanos.

A Operação Controle tem o objetivo principal de aumentar a segurança na faixa de fronteira roraimense, por intermédio de uma fiscalização rigorosa e o objetivo secundário de contribuir com a Operação Acolhida no apoio humanitário aos imigrantes oriundos da Venezuela.

O evento, além da participação de militares da 1ª Bda Inf Sl (integrantes da Operação Controle e da Operação Acolhida), contou com a presença de agentes de segurança pública e lideranças comunitárias. No encerramento, os participantes receberam o certificado de “Mediador Rápido de Conflitos”.



Fonte:1ª Bda Inf Sl