Fábio Porchat na carreira das armas: um dia como Combatente Aeromóvel, no quadro "Teste Vocacional".


Publicação: Ter, 13 mar 2018 16:00:00 -0300
Crédito: Cb Rafael Silva

Barueri (SP) – Você teria vocação para a carreira das armas? Isso era a resposta que o apresentador da TV Record Fábio Porchat buscava, ao fazer do 20° Grupo de Artilharia de Campanha Leve (20° GAC L) o cenário do "Teste Vocacional", do “Programa do Porchat”. O objetivo desse quadro era o de apresentar os humoristas em situações inusitadas, tentando se adaptar a outras profissões, como a da caserna.

O humorista desse programa de entretenimento, junto com outros dois colegas de profissão, Paulo Vieira e Fabiano Cambota, vivenciaram a rotina do combatente aeromóvel. No dia 8 de março, logo cedo, as primeiras cenas foram rodadas no alojamento do quartel. Dentro do roteiro da encenação, PorchatPaulo Cambota haviam dado “alteração”, na noite anterior, por não terem respeitado o toque de silêncio das 22h; e, pela manhã, o capitão, comandante da Subunidade, chamou atenção novamente dos “três recrutas”, por não acordarem ao toque de alvorada.

Pouco depois, em forma, os três vibraram com o grito: “Aeromóvel! Brasil!”. Do pátio, foram conduzidos para a Pista de Pentatlo Militar. Em tom cômico, os humoristas se divertiram nos obstáculos.

Na hora do almoço, uma pausa. Os visitantes percorreram o Museu do III Grupo 105 mm da Força Expedicionária Brasileira (FEB). O Grupo Bandeirante integrou, durante a Segunda Guerra Mundial, a FEB, que combateu na Itália contra o nazismo.

Na parte da tarde, os “três novos recrutas” do Grupo Bandeirante realizaram tiro de fuzil de ar comprimido e finalizaram o dia de atividades na Pista do Combatente Aeromóvel. Ali, eles caíram na lama, rastejaram e vibraram.

Será que Porchat e os amigos sentiram a vocação lhes chamar? Espere o programa para conferir.


Fonte:20° GAC L

Crédito: Cb Rafael Silva